Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

PM é preso suspeito de participar de assassinato de cabo em Parnamirim

Cabo Ivan foi morto na última segunda-feira, em frente a uma agência bancária, em Parnamirim

Um policial militar foi preso nesta terça-feira (27) à noite, juntamente com um traficante de drogas, sob a suspeita de participação no assassinato do cabo PM Ivan Márcio da Costa Xavier, 39, ocorrido na última segunda-feira (26), nas imediações de uma agência bancária de Parnamirim.

Após receber denúncia anônima, uma equipe do 9º Batalhão da Polícia Militar efetuou a prisão de um traficante identificado como "Galego", em frente a sua residência, no bairro de Dix-Sept Rosado, Zona Oeste de Natal. Segundo o oficial de operações do 9º BPM, capitão Mailton, a denúncia indicava que o suspeito estava comemorando a morte do policial. Ele foi preso, por volta das 18h.

No local também estava um cabo da PM lotado no 3º BPM, de Parnamirim. Informações do capitão Mailton dão conta de que o agente de segurança estava a paisana e tinha acabado de chegar do enterro do colega morto. Identificado como cabo Júnior, ele foi conduzido à delegacia de Plantão da Zona Sul na condição de testemunha, mas após dar seu depoimento foi preso por inconsistências em seu depoimento.

Foi decretada a prisão preventiva da dupla. Segundo informações da assessoria de imprensa da PM, o cabo está preso na sede do Comando Geral da corporação. Ainda segundo a instituição, o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil, acompanhado de perto pelo Comando Geral e pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Mais prisões devem acontecer no decorrer das investigações.

O crime

Com 39 anos de idade, 12 de corporação, o cabo Ivan foi morto a tiros na última segunda-feira (26) durante um suposto assalto a uma agência do Banco do Brasil, localizada no bairro da Cohabinal, Grande Natal. Ele estava no local quando criminosos, após roubarem um malote, efetuaram vários disparos em sua direção. Na troca de tiros o PM foi atingido no peito, e apesar de ser levado ao Hospital Deoclécio Marques, no mesmo município, não resistiu aos ferimentos.
Fonte: Novo Jornal