Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Polícia Civil localiza estufas para cultivo de “supermaconha” em Natal

Por Interino
Além das estufas, os policiais civis apreenderam no apartamento de Mariana Marques o valor de R$ 20 mil escondidos dentro da lixeira do banheiro
Foram presos em flagrante sete pessoas
Na manhã desta sexta-feira, 9, a Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc), com apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e da Polícia Militar, deflagrou a Operação Cristal Quebrado que visou apreender drogas, armas e produtos ilícitos que estavam em residências da Zona Sul de Natal.

Durante a ação, foram presos em flagrante sete pessoas, sendo cinco homens e duas mulheres: o casal Luís Cláudio Jesus Gomes,35 anos e Thaís Geronázio Ferreira, 40 anos; o casal Tiago Matte, 38 anos e Mariana Marques Vecchi,34 anos; José Carlos da Silva, 22 anos; José Curi Dias, 69 anos e José Jussier Freitas Alves, 38 anos. Durante o cumprimento dos 15 mandados de busca e apreensão, os policiais encontraram duas estufas que eram usadas para cultivar mudas de droga conhecida como skank, um tipo de supermaconha.

As plantas estavam sendo cultivadas nos apartamentos dos casais Luís Cláudio e Thaís Geronázio e do casal Tiago Matte e Mariana Marques. “Nos apartamentos, que ficam na Vila de Ponta Negra, nós descobrimos duas grandes estufas com toda uma estrutura montada. Eles mantinham equipamentos ligados 24 horas para que a plantação fosse produtiva e para isso, furtavam energia elétrica. Eles controlavam umidade, calor, luminosidade e tinham vários produtos para adubar”, detalhou o delegado titular da Denarc, Ulisses de Souza.

Além das estufas, os policiais civis apreenderam no apartamento de Mariana Marques o valor de R$ 20 mil escondidos dentro da lixeira do banheiro. “Mariana é investigada pela Polícia Federal pela suposta prática de tráfico internacional de entorpecentes e já havia sido investigada pela Polícia Civil do RN no ano de 2010”, revelou o delegado adjunto da Denarc, Cláudio Henrique. Além dos dois casais, a Polícia prendeu em flagrante José Carlos da Silva, com um revólver calibre 38 e munições; José Curi Dias, com um revólver e José Jussier Freitascom porções de drogas.
Fonte: SESED/ASSECOM