Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Navio da Marinha que resgatou 220 refugiados no mar Mediterrâneo em 2015 atraca no Porto de Natal

A Corveta Barroso, da Marinha do Brasil, atraca no porto de Natal, nesta quinta-feira (10) e permanece na cidade até domingo (13), sendo aberta à visitação pública no sábado (12), entre 14 e 17 horas, com entrada gratuita.

O Navio será o Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas do Líbano (FTM-UNIFIL). Missão de Paz, comandada por um Almirante brasileiro, desde o seu estabelecimento em 2011, atualmente, conta com a participação de aproximadamente 900 militares e sete navios das Marinhas do Brasil, Bangladesh, Alemanha, Grécia, Indonésia e Turquia.

A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança e para o adestramento de militares pertencentes à Marinha Libanesa.
Em setembro de 2015, a Corveta Barroso notabilizou-se ao resgatar 220 refugiados no Mar Mediterrâneo, que se encontravam à deriva em uma embarcação precária a cerca de 300 quilômetros da Sicília. Tal ato mostrou ao mundo a competência, a humanidade e a solidariedade daqueles que realizam esta tarefa gloriosa de prover a paz.

A Corveta Barroso é comandada, atualmente, pelo Capitão de Fragata Dino Avila Busso e conta com 195 militares a bordo. De projeto e fabricação nacionais, com 103,5 m de comprimento; 2,4 mil toneladas de peso, alcança uma velocidade de 30 nós, com turbina a gás.

O navio deixa Natal no próximo domingo (13) e segue com destino à área de operações cumprindo escalas logísticas em Las Palmas (Espanha) e Toulon (França), e com previsão de chegada em Beirute (Líbano) no dia 8 de setembro.
A atuação no Líbano reafirmou o reconhecimento do Brasil, em âmbito mundial, como um país provedor de paz.
MARINHA DO BRASIL. Protegendo nossas riquezas. Cuidando da nossa gente.
Fonte: Blog do BG