Blog do Robson

Compartilhamento:

quarta-feira, 17 de julho de 2019

PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARÁ REFORMA OS ESTOFADOS DO ÔNIBUS QUE TRANSPORTA OS ESTUDANTES PARA NATAL

A Prefeitura Municipal de Tangará, através da Secretaria Municipal de Transportes, está realizando a manutenção e reparo no ônibus que transporta os alunos do município para a capital potiguar. 
O veículo de número (03) da frota municipal escolar está passando por reforma nos estofados, a bancada estava com algumas poltronas da parte de trás do veículo danificada, devido ao mal uso.

O Prefeito Jorginho Bezerra viajou à capital potiguar juntamente com os alunos, onde teve a oportunidade de ouvir as reivindicações dos usuários deste transporte, no sentido de trazer melhorias na qualidade dos serviços prestados.

O Coordenador de transportes, o Senhor Luiz Antônio Felix da Costa, mais conhecido por todos como (Nenê Soinho) relatou que o serviço está sendo efetuado nesse período de recesso. Ao todo estão sendo refeitas o estofado de 06 bancadas. O Coordenador de transporte reforçou ainda a importância de cuidar do patrimônio público, " Peço a colaboração dos alunos para cuidar e zelar bem como conservar as poltronas e o veículo como um todo, pois este é um bem público que todos utilizam diariamente, assim precisamos ser responsáveis e conscientes ao utilizá-lo". Ressaltou Nenê Soinho.

Criminosos explodem cofre e posto de combustíveis fica destruído na cidade de Lajes/RN

Caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (17) em estabelecimento na BR-304, em Lajes, na região Central potiguar.
Posto de combustíveis foi destruído após bandidos explodirem cofre, no interior do RN — Foto: Robson Cabugi
Por G1 RN
Um posto de combustíveis ficou destruído depois que criminosos explodiram o cofre da administração do estabelecimento, na madrugada desta quarta-feira (17). O caso aconteceu na BR-304, em Lajes, na região Central potiguar.

De acordo com o 10º Batalhão da Polícia Militar, que fica em Assu, o crime aconteceu por volta das 4h, quando quatro homens chegaram ao local em um carro de passeio e realizaram a explosão.
Explosão deixou destruição em prédio de posto de combustíveis em Lajes, no RN — Foto: Robson Cabugi
Porém o impacto destruiu mais do que o cofre e deixou avarias no prédio e até nas bombas de combustíveis.
Posto de combustíveis foi destruído após bandidos explodirem cofre, no interior do RN — Foto: Robson Cabugi

Cofre explodido por criminosos em posto de combustíveis no interior do RN — Foto: Robson Cabugi
Os criminosos conseguiram fugir após o crime e a polícia não informou sobre a quantia de dinheiro levada. Equipes policiais fazem buscas na região e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 RN

Brasil concorre a título de Cidade Criativa com quatro municípios

Prêmio da Unesco destaca práticas com foco no desenvolvimento social
Uma das categorias do prêmio é cinema, na qual concorre o município mineiro de Cataguases - Arquivo/Agência Brasil
Quatro municípios brasileiros concorrem, este ano, ao título de Cidade Criativa, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A certificação é uma forma de reconhecer práticas que coloquem as indústrias criativas e culturais a serviço do desenvolvimento social local. Três capitais – Belo Horizonte, Fortaleza e Aracaju – disputam nas categorias gastronomia, design e música, respectivamente, e o município interiorano de Cataguases, em Minas Gerais, na de cinema. 

Além das quatro categorias,a disputa inclui as categorias artesanato, artes folclóricas, literatura e artes midiáticas. De acordo com a Unesco, a relação dos vencedores será anunciado no final do ano.

Com 15 anos de existência, a Rede de Cidades Criativas congrega 180 cidades de 72 países, das quais oito estão no Brasil. Belém e Florianópolis, por exemplo, ganharam destaque na área da gastronomia, ao passo que Brasília e Curitiba entraram para a lista da Unesco devido à sua produção no campo do design.

Fábrica do Futuro:
O diretor do Instituto Fábrica do Futuro, César Piva, relembra como Cataguases, cidade com cerca de 75 mil habitantes, tornou-se um polo de cinema. O movimento vem ocorrendo desde 2002, quando representantes de vários setores se aproximaram para fazer a ideia engrenar. Juntaram-se, em torno do mesmo desejo, lideranças locais, instituições do terceiro setor, fundações, grupos culturais, empresas privadas e gestores municipais. Naquele ano, o plano já dava frutos à comunidade, com a inauguração do Centro Cultural Humberto Mauro, que dispõe de um cineteatro de 272 lugares, um memorial que homenageia o cineasta, considerado um dos pioneiros do cinema brasileiro, e uma galeria de arte.

"Esse grupo anunciou um programa de cultura e desenvolvimento local que tinha a cultura, especialmente o audiovisual e as novas tecnologias, como uma diretriz para uma nova possibilidade de desenvolvimento para a região: o desenvolvimento social, cultural e econômico. A partir de lá, vários estruturantes foram realizados, essa rede de cooperação local, projetos de eventos, festivais de cinema, programas de formação de público, residências criativas, projetos experimentais junto a jovens talentos da região, programas de formação e capacitação. Ou seja, foi feito todo um trabalho de preparação da cidade para implantação do polo", disse Piva, que também está à frente da agência do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais.

Piva destacou que uma obra, especificamente, ajudou a dar ainda mais projeção à iniciativa que coletivamente ganhava intensidade. Segundo ele, um dos fatos que chamaram a atenção do governo federal foi o lançamento da refilmatem de Meu Pé de Laranja Lima, em 2012. O longa-metragem foi rodado em Cataguases e tem direção de José de Abreu e Marcos Bernstein, que assinou, com João Emanuel Carneiro, o roteiro de Central do Brasil. 

O diretor da Fábrica do Futuro ressalta que a recompensa pela mobilização chegou na forma de novas parcerias e de um edital, firmado com colaboração da Agência Nacional do Cinema (Ancine), no valor de R$ 10,5 milhões. Além disso, profissionais de toda a cadeia de produção puderam viajar Brasil afora e para o exterior, para ampliar seu conhecimento, acrescentou Piva. "Ou seja, um pequeno município que tem feito um trabalho estruturador, há quase 20 anos, se estabelece como um centro de produção audiovisual, reúne parcerias, instituições públicas e privadas e políticas públicas e se torna um arranjo capaz de atrair grandes produções para serem realizadas na região. Agora vamos lançar o edital, provavelmente um dos maiores do Brasil, no dia 2 de agosto, para que as produções continuem se realizando aqui. A previsão é de triplicar o número de filmes nos próximos anos."

Balanço do Núcleo Inteligência Empresarial do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que, de 2008 a 2018, foram realizadas na cidade 27 produções audiovisuais. Somente este ano, 14 obras deverão ser produzidas, das quais seis são longas-metragens e cinco, curtas. Há, ainda, previsão de que uma série de televisão seja gravada no local.

O levantamento também indica que, no período, as produções geraram 1,5 mil empregos diretos e R$ 14 milhões em investimentos, provenientes de isenções fiscais de âmbito federal e estadual. No total, injetaram-se R$ 29 milhões na economia da região.

Para César Piva, a economia criativa é um ramo que produz "impactos importantíssimos na economia de qualquer país", por fazer girar oportunidades. "É uma indústria limpa, ela é inesgotável, é sustentável, promove a autoestima de um país, de uma cidade, promove nosso patrimônio cultural, nossa diversidade cultural. Ela é considerada, no mundo todo, uma grande possibilidade de diversificação, inclusive, do desenvolvimento. Isso, por si só, deveria ser entendido como um grande valor a ser incentivado por qualquer pessoa no Brasil, no mundo e no governo. E acho que a gente está confirmando isso. A Rede Cidade Criativas confirma que, no Brasil, essa dimensão continental, essa riqueza regional, plural, essa diversidade cultural existe em todos os lugares, não só nos grandes centros, mas também nas pequenas e médias cidades."

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br

terça-feira, 16 de julho de 2019

SUCESSO DE PÚBLICO NO VII ARRAIÁ DA SINHÁ ZILAH. O EVENTO ACONTECEU NESTE SÁBADO 13 DE JULHO DE 2019. CONFIRA AS FOTOS

A Escola Municipal CMEI - Centro Municipal de Educação Infantil Zilah de Carvalho Bezerra, promoveu a sua VII festa junina neste sábado (13), com a presença de pais, alunos e autoridades do nosso município. O CMEI tem como diretora a Senhora Margarida Soares (Belita) e como vice-diretora a jovem Monalyza Keyla.

O VII ARRAIÁ DA SINHÁ ZILAH foi um verdadeiro sucesso de público e organização, o Ginásio Poliesportivo Senador Carlos Alberto de Sousa ficou lotado, várias pessoas prestigiaram o evento que contou com várias apresentações de nossas crianças.

Representando o Senhor Prefeito, estava a sua filha Aninha Bezerra, a Secretária Municipal de Educação Margarete Paiva e o Secretário de Comunicação Robson Freitas.

Parabéns a todos que colaboraram para a realização desta bonita festa, a direção da escola, a todos os profissionais da educação, aos pais e alunos. 






























































































 


















































































































































]