Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Acidente com ônibus da banda Mala 100 Alça deixa um morto em Picos

Um acidente envolvendo um ônibus da banda de forró Mala 100 Alça deixou um homem morto na manhã desta segunda-feira (23), na zona urbana do município de Picos. Testemunhas relatam que o pedestre atravessava a Avenida Deputado Sá Urtiga, na altura do bairro Bomba, quando teria se desequilibrado e em seguida sido colhido pelo ônibus. A vítima teve morte imediata.
O pedestre, identificado José Manoel Ribeiro, seguia de Sorocaba, São Paulo, para Jaicós, município vizinho a Picos, acompanhado da esposa e de uma filha menor de idade. A família fez uma parada antes do destino final em razão de problemas no carro. A esposa contou que o marido atravessava a avenida para ir até um auto peças.
Ainda segundo a família, a vítima tinha 44 anos e era natural do Povoado Peixe, município de Massapê do Piauí. A esposa seria natural da comunidade São João, Padre Marcos. A família veio para o Piauí a passeio.

O ônibus seguia de Parnaíba, litoral piauiense, para o município de Araripina, Pernambuco.

Fonte: http://grandepicos.com.br/

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

A PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARÁ EFETUOU O PAGAMENTO DE TODO O FUNCIONALISMO PÚBLICO MUNICIPAL REFERENTE AO MÊS DE DEZEMBRO DE 2016


Na tarde desta segunda-feira (23), a Prefeitura Municipal de Tangará efetuou o pagamento referente ao mês de dezembro de 2016, a todo o Funcionalismo Público Municipal, isso porque no dia 18 de janeiro do ano em curso receberam seus salários os funcionários públicos municipais da folha da Educação, porém, os funcionários de outras folhas exemplo a saúde não tinham sido pagos ainda, em virtude das contas vinculadas a prefeitura municipal de Tangará, ao fundo municipal de saúde e ao fundo municipal de assistência social de nosso município encontrarem-se sob análise cadastral inviabilizando a movimentação financeira pela prefeitura.

É importante manter a sociedade tangaraense bem informada, isso mostra mais uma vez que a gestão do prefeito Jorginho é uma gestão responsável, participativa e amparada sobretudo nos princípios da administração pública da transparência.

POR ASSCOMTANGARÁ - ROBSON FREITAS

PREFEITO JORGINHO BEZERRA CONVIDA PESSOALMENTE O SECRETÁRIO DE ESPORTE E LAZER DO RN PARA PRESTIGIAR A 34ª COPA VERÃO FUTSAL 2017

Presença confirmada do Senhor Francisco Canindé de França, Secretário de Esporte e Lazer do Rio Grande do Norte, na abertura da 34ª COPA VERÃO FUTSAL 2017 que acontecerá hoje, segunda-feira (23).
Na manhã desta segunda feira (23), o Prefeito Jorginho Bezerra esteve no gabinete do Secretário de Esporte e Lazer do RN, o Senhor Francisco Canindé de França, afim de buscar novas parcerias que possam contribuir para o desenvolvimento esportivo do nosso município. Na oportunidade o convidou para a abertura da 34ª Copa Verão de Futsal 2017 e ele de pronto aceitou. 

Jorginho Bezerra visitou o gabinete do  Secretário de Esporte e Lazer do RN, acompanhado do Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Luiz Carlos de Oliveira e do Secretário Municipal de Comunicação, Robson Freitas, juntamente com os amigos Luiz Antônio (Bidú) e Nildo Ângelo.

Está chegando a hora! logo mais a noite, as 19h, a bola vai rolar no Ginásio Poliesportivo Senador Carlos Alberto de Souza, o Matadouro enfrentará o Bad Boys e a Russinha enfrentará a União.

34ª Copa Verão de Futsal 2017, realização Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, em parceria com as demais secretarias, com o apoio total da Prefeitura Municipal de Tangará.


Tudo pronto para a 34ª Copa Verão de Futsal 2017, toda a premiação, medalhas e troféus já estão prontos para premiar os vencedores deste torneio, logo mais a noite estaremos todos reunidos em mais uma edição deste grandioso evento.

Repercussão internacional de Alcaçuz inspira Charge do Brum


Dívidas inviabilizam acesso de municípios a recursos federais

Da Agência Estado:

Mergulhados em dificuldades financeiras, 4,95 mil municípios (89% do total) sustentam uma dívida bilionária com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com a Receita Federal, o passivo soma R$ 99,6 bilhões em contribuições previdenciárias devidas e a inadimplência tem levado ao bloqueio de parcelas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A falta de pagamento também é um dos motivos por trás do “nome sujo” de prefeituras no Cadastro Único de Convênios (Cauc), do governo federal, o que inviabiliza o repasse de transferências voluntárias, como emendas parlamentares.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) questiona o valor e diz que a dívida precisa ser recalculada, uma vez que inclui débitos já prescritos. Antes, a Lei 8.212/1991 previa que essas dívidas poderiam ser cobradas em até dez anos, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou o prazo inconstitucional em 2008. Assim, só valeriam débitos de até cinco anos antes. Desde então, a CNM alega que a dívida previdenciária não foi revista. A Receita não se pronunciou sobre a divergência.

Diante do volume de passivos previdenciários, muitos municípios têm tido parcelas do FPM integralmente bloqueadas. De acordo com a confederação, no início deste ano, mais de 700 prefeituras ficaram com as contas do fundo zeradas por causa das retenções. Essa medida tem estrangulado o caixa dos municípios, que muitas vezes dependem dos recursos para pagar despesas básicas, como salários. “Nós não devemos isso tudo, há débitos indevidamente lançados, o governo age de forma autoritária”, diz o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

Os municípios que deixam de pagar o INSS não conseguem obter a Certidão Negativa de Débitos (CND) e esse é um dos motivos para a inscrição, em dezembro do ano passado, de 2.182 municípios em situação irregular no quesito pagamento de tributos, contribuições previdenciárias federais e com a dívida ativa da União. A prefeitura de Goiânia é uma das que têm dívida previdenciária. A nova administração, de Iris Rezende (PMDB), não deu detalhes e disse que ainda está fazendo um levantamento para que possam regularizar a situação.

Essa não é a única pendência do ponto de vista fiscal. Na média do ano passado, 4,6 mil municípios tiveram alguma irregularidade apontada no Cauc, ante 3,9 mil em 2015, segundo levantamento da CNM. Além do alto número de prefeituras que não conseguiram comprovar a regularidade com o pagamento de tributos, há ainda pendências com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), realidade de 2.283 municípios.

Ziulkoski atribui o aumento das irregularidades à crise econômica. “Basicamente 80% dos municípios estão em dificuldades”, diz. Mas o descumprimento de obrigações financeiras não é o único problema. Ocorrem também omissões em prestações de contas e medidas de transparência, como apresentação de relatórios de gestão fiscal e de execução orçamentária. Há ainda 1.056 municípios que deixaram de cumprir a aplicação mínima de recursos na área de saúde.

Portal Uol: Guerra de facções em Alcaçuz é por força, filiações e dinheiro

O portal Uol publica, no início da manhã de hoje, uma reportagem sobre a crise no sistema prisional.

Veja a matéria:

Na versão difundida, a disputa dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal, é para que integrantes de apenas um dos grupos rivais –PCC (Primeiro Comando da Capital) ou Sindicato do RN– fique no local. A solução para esse problema é apresentada como única chance de paz no local.

Apesar de haver alguma verdade nisso, já que a disputa deixa mortos dos dois lados, o UOLapurou que há mais interesses envolvidos além de o de poupar vidas nessa disputa.

A guerra declarada tem motivações que envolvem demonstração de força junto ao Estado, a chance de aumentar o número de filiados e, por consequência, reforçar o caixa –já que ambas cobram mensalidades dos membros. Por isso, nenhum dos lados aceita sair do local –e deixaram claro isso ao governo.

Em meio ao fogo cruzado e para evitar uma nova barbárie, na quarta-feira (18) o governo do Estado transferiu 220 presos do Sindicato do RN de Alcaçuz para outras duas cadeias em Natal. A ação gerou uma série de ataques nas ruas em retaliação, causando 32 atentados a ônibus, carros e delegacias.

Em vez de acalmar, a medida do governo acirrou os ânimos dentro de Alcaçuz. No dia seguinte (19) à transferência, uma batalha campal foi vista com o ataque de membros do Sindicato a integrantes do PCC no pavilhão 5 –com o saldo de ao menos três mortes. Uma faixa foi erguida para que a imprensa pudesse avistá-la: nela, pediam a saída do PCC e diziam que o Sindicato ainda estava forte no presídio.

Segundo apurou o UOL, mesmo com a saída de 220 detentos, o Sindicato tem –entre membros e “aliados”– cerca de 500 filiados em Alcaçuz. Nessa contabilidade extraoficial, o exército do PCC totaliza 500 irmãos.

Segundo o governo, a decisão de retirar integrantes do Sindicato foi tomada por questões logísticas –como o Sindicato tem domínio da região, não haveria como garantir a segurança de detentos do PCC.
Por Anna Ruth

Marcela Temer vai rodar o Brasil

FOTO: CAROLINA ANTUNES/ABR

Mais de 100 dias após o lançamento, o Palácio do Planalto começou a definir o roteiro de viagens da primeira-dama Marcela Temer para divulgar o Criança Feliz, programa do governo federal voltado para a primeira infância. Auxiliares do presidente Michel Temer (PMDB) querem que a primeira-dama inicie o giro pelo País já em fevereiro, cumprindo pelo menos dois eventos públicos por mês.

O foco do Criança Feliz são gestantes, crianças de até três anos de famílias beneficiárias do Bolsa Família e famílias de crianças de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada – pagamento de um salário mínimo mensal a pessoas com 65 anos de idade ou mais.

A ideia é que Marcela seja uma espécie de “embaixadora itinerante” do programa, realizando uma série de viagens para conhecer in loco as experiências que estão sendo executadas por municípios na área, além de inaugurar centros de acolhimento para crianças com microcefalia. Amanhã a primeira-dama vai participar em Brasília de uma oficina técnica com gestores estaduais do Criança Feliz no Ministério do Planejamento.

EXPOSIÇÃO

O programa foi lançado no dia 5 de outubro, com a participação da primeira-dama em uma cerimônia no Palácio do Planalto marcada por um tom maternal. “O momento mais importante para o desenvolvimento de habilidades e competências humanas são os primeiros anos de vida. É nesse período que nossos filhos percebem que são amados e aprendem a amar. Esse sentimento os guiará por toda vida”, discursou Marcela na ocasião.
Blog do BG

Tamanho e quantidade de fossas dificultam busca por corpos em Alcaçuz

A busca por mais corpos na penitenciária estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal, esbarra em um obstáculo invisível às câmeras da imprensa que, desde o massacre de 26 presos na semana passada, vigiam diariamente a unidade. São as 40 fossas de 18 metros cúbicos espalhadas pela área do presídio. Até mesmo procurar pelas cabeças de 13 corpos decapitados já retirados do local é uma tarefa difícil e, segundo o diretor-geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, é provável que algumas nunca sejam encontradas.

Na primeira operação depois do massacre, 15 corpos foram resgatados sem cabeça e duas cabeças sem corpo. Identificadas as combinações entre as partes, restaram 13 mortos a serem completados. Ontem (21), o ITEP recolheu mais duas – uma delas incompleta – e um fragmento de crânio já em estado avançado de decomposição. O material será analisado para saber se correspondem a algum dos cadáveres já recolhidos ou se seriam de mortos ainda não contabilizados. Com o resultado positivo restariam ainda 11 cabeças a serem encontradas. Facções rivais disputam o controle do presídio.

Hoje (22), o diretor do presídio informou ao diretor do Itep que os presos apontaram uma fossa onde estaria mais uma delas. Ainda se espera a confirmação do local para que seja feita uma nova operação de resgate. No entanto, a grande quantidade de fossas e o tamanho delas, segundo Marcos Brandão, vai dificultar esse tipo de trabalho, a ponto de tornar provável que algumas cabeças fiquem para sempre debaixo daquele solo.

“São fossas muito grandes, 18 metros cúbicos, e são muitas. Demorou um dia inteiro só para esgotar uma delas. Lógico que as buscas vão continuar, mas acredito que não vamos achar todas. Em regra, nas fossas existe a parte líquida, mas tem a parte de lama que fica embaixo e não dá para tirar. E a cabeça em decomposição começa a soltar osso e fica muito difícil achar”, explica Brandão. “A gente tem que trabalhar com isso em mente”.

Atualmente existem quatro corpos dos 26 mortos no massacre do dia 14 de janeiro que ainda não foram identificados. Três deles, de presos que foram carbonizados, precisam de exames mais complexos. Caso as cabeças não sejam encontradas, as famílias vão receber os corpos assim mesmo. “É como em um acidente aéreo, que às vezes só se entrega uma mão”, compara. “Pelo menos vai haver a identificação de que houve a morte, que isso é importante”. O prazo legal para manter os cadáveres no Itep é de 45 dias, ou até que as buscas sejam encerradas.

Na avaliação de Brandão, é pouco provável que existam mais cadáveres ainda no interior do presídio, pois a área onde poderiam estar foi mapeada e analisada e nada foi encontrado. A vistoria, no entanto, só pôde ser feita nos prédios onde não há presos, já que os detentos controlam alguns pavilhões.

O diretor do Itep disse ainda que foram identificadas várias fogueiras na área. “Ainda vamos examinar se nessas fogueiras há algum material humano, porque lá realmente não deu para verificar. Mas elas foram feitas com muito combustível inflamável que tiraram da fábrica de bolas que tinha no presídio, solventes, essas coisas. Recolhemos um material que vamos analisar para saber se é corpo, mas não foi uma quantidade substancial. Se tiverem queimado pode ter sido um. Mas isso a gente ainda vai analisar, não estou dizendo nada conclusivo”, disse.

Ossos antigos

Na operação de ontem também foram encontrados fragmentos de ossos na fossa. Esse material, no entanto, não continha restos humanos, o que indica, de acordo com o diretor do Itep, que eles podem ser provenientes de uma rebelião anterior.
Fonte: Novo Jornal

Cuidado!! Médicos advertem para você parar de usar agora as folhas de alumínio

Os pesquisadores perceberam que, ao usar molhos ácidos ou apimentados, a dissolução de partículas nocivas do alumínio duplica
Muitas vezes, a folha de alumínio é usada para embalar comida e lanches, ou até mesmo preparar alimento, mas médicos alertam que utilizá-la pode ser extremamente prejudicial.

A princípio, a folha de alumínio libera uma neurotoxina de metais pesados, que pode causar a diminuição da capacidade mental. Outros males também foram associados ao uso indireto do produto como, perda de equilíbrio, falha de memória e até mesmo doença de Alzheimer.

Já quando usamos a folha de alumínio para cozinhar, as toxinas se acumulam nos ossos e podem reduzir a quantidade de cálcio que eles são capazes de absorver. Além disso, se a fumaça proveniente dos alimentos preparados com alumínio for inalada, vários problemas respiratórios podem surgir.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera seguro ingerir apenas 1 miligrama por quilo do peso de uma pessoa por semana dessa substância encontrada na folha de alumínio. Ou seja, se uma pessoa pesa 70 quilos, ela pode ingerir 70 miligramas da substância da folha de alumínio por semana.

Um estudo publicado International Journal of Electrochemical Science mediu a quantidade de alumínio transferida para a comida quando se prepara carne moída no forno com papel-alumínio. O estudo revelou que, quanto mais tempo o alimento fica no forno envolto no material, mais partículas nocivas são transferidas para a comida.

Os pesquisadores perceberam que, ao usar molhos ácidos ou apimentados, a dissolução de partículas nocivas do alumínio duplica. Eles realizaram um teste com um pedaço de carne com molho de tomate e vinagre e o resultado mostrou que o foram absorvidos 465 miligramas da substância nociva, ou seja, quase 8 vezes mais do que recomenda a OMS para uma pessoa com 60 quilos.

Fonte: Jornal da Ciência

Papa ataca populismo e alerta para "salvadores"

Em meio à onda populista que se alastra pela Europa e pelos Estados Unidos, o papa Francisco afirmou que um dos grandes perigos da atualidade é procurar "salvadores", assim como ocorreu com Adolf Hitler na década de 30. A informação é da Agência Ansa.

A declaração foi dada durante longa entrevista ao jornal espanhol El País e provocou reações imediatas na Itália. Perguntado sobre a ausência de lideranças sólidas em função da crise e do aumento da desigualdade, o pontífice disse que o exemplo mais típico do populismo europeu é a Alemanha.

"Destroçada, a Alemanha busca se levantar, busca sua identidade, busca um líder, alguém que devolva sua identidade, e há um rapazinho que se chama Adolf Hitler e diz: 'eu posso, eu posso'. E a Alemanha inteira vota em Hitler. Hitler não roubou o poder, foi votado por seu povo e depois destruiu seu povo. Esse é o perigo. Em momentos de crise, o discernimento não funciona", declarou.

O papa acrescentou que a sociedade busca um "salvador" que a defenda com "muros, alambrados, com o que seja, de outros povos" que possam "tirar sua identidade". "Isso é muito grave. Por isso sempre digo: dialoguem entre vocês. O caso da Alemanha em 1933 é típico: um povo que estava em crise, que buscou sua identidade, e apareceu esse líder carismático que prometeu lhes dar uma identidade. E sabemos o que aconteceu", lembrou Francisco.

O líder da Igreja Católica também ressaltou que todos os países têm o direito de controlar suas fronteiras, principalmente os ameaçados pelo terrorismo, mas que nenhum pode privar seus cidadãos do diálogo com os vizinhos.

Símbolo do populismo e ultranacionalismo na Itália, o secretário federal do partido Liga Norte, Matteo Salvini, comentou as declarações e rechaçou comparações com Hitler. "O papa diz que Hitler nasceu do populismo? Deve ter sido mal interpretado. O papa fala com as almas. Além disso, Hitler morreu e foi sepultado. Se dizem que sou populista, fico contente, porque quer dizer que falo com o povo", afirmou.
Da Agência Brasil

Senado volta às atividades com votação da reforma do ensino médio

A reforma no ensino médio, que pode resultar na maior alteração na estrutura dessa etapa escolar desde a implantação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDO), será a primeira matéria a ser analisada pelo Plenário do Senado no retorno das atividades legislativas, a partir de 2 de fevereiro.

A Medida Provisória (MP) 746/2016, que trata do tema, tranca a pauta de deliberações e precisa ser votada antes de todas as que se encontram na agenda.

Desde sua edição pelo governo, em setembro de 2016, a matéria dividiu opiniões. O protesto dos estudantes contra a medida envolveu ocupações de escolas públicas secundaristas em todo o país. Com ajustes nos pontos mais criticados, a MP foi aprovada pela Câmara dos Deputados em 30 de novembro.
Por Robson Pires

É HOJE!! A ABERTURA DA 34ª COPA VERÃO FUTSAL 2017

Logo mais, as 19h, a bola vai rolar no Ginásio Poliesportivo Senador Carlos Alberto de Souza, Matadouro enfrentará o Bad Boys e a Russinha enfrentará a União.

34ª Copa Verão de Futsal 2017, realização Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, apoio total Prefeitura Municipal de Tangará. 


Ônibus voltam a circular em Natal nesta segunda (23), mas frota não será completa

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (SETURN) publicou nota, na tarde deste domingo, 22, informando o retorno da circulação dos ônibus pelas ruas da capital. No entanto, de acordo com a entidade, a retomada não será feita de forma plena, mas “paulatinamente”. Com isso, no primeiro dia útil da semana, a frota de veículo será reduzida para a atender à população.

Desde a última sexta-feira, 20, o serviço de ônibus do transporte público da capital potiguar sofre com interrupções. A justificativa é a série de ataques contra veículos nos últimos quatro dias. Ao todo, mais de 25 carros de transporte de passageiros foram incendiados por vândalos.

Leia o comunicado:

COMUNICADO AOS USUÁRIOS DO TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIROS

O SETURN- Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal e suas associadas, vem a público externar a mais sincera inconformação, por estarem, mais uma vez, sendo alvos principais de injustos atos de vandalismo, como imerecido tem sido o tratamento dispensado há muito pelos poderes públicos municipal e estadual.

Não há como disponibilizar a frota à população, pois o risco ainda é iminente e os prejuízos incalculáveis. A preocupação não é só pela depredação do patrimônio das empresas, mas, e principalmente, para preservar a integridade física dos seus funcionários e clientes usuários.

Assim, necessitamos de garantias reais de segurança por parte dos governos municipal, estadual e federal, em tempo integral nas rotas, terminais e garagens, para que, somente assim, possamos liberar parte da nossa frota para trazer as pessoas de volta às suas diversas atividades, reativando o comércio, a indústria e prestadores de serviços; levando e trazendo os empregados e os clientes, em segurança, reativando, assim, a economia local.

Também precisamos urgentemente de compensação dos governos para fazer frente aos enormes e insuportáveis prejuízos que tivemos com perda de patrimônio e com falta de faturamento por impossibilidade de operação.

Esperamos, assim, poder retomar a operação de transporte, mesmo que paulatinamente, amanhã, segunda-feira, dia 23 de janeiro de 2017.

SETURN e Associadas.
Fonte: Novo Jornal

domingo, 22 de janeiro de 2017

Apresentação de ginasta russa deixa jurado perplexo na França

Com vocês, a bela e talentosa Daria Kondakova

Ex- ator da Globo sofre um enfarto aos 30 anos em São Paulo


Felipe Titto tranquilizou os fãs nas redes sociais: "Nóes é zikaaaa!
 "imagem: Reprodução/Snapchat

Felipe Titto sofreu um Ataque Agudo do Miocárdio na manhã deste domingo (22). O ator, de 30 anos, está internado no Hospital São Luiz, no Morumbi, em São Paulo, mas passa bem.

Por volta das 16h, o próprio Felipe tranquilizou os fãs em seu perfil no Snapchat com uma foto na cama de hospital na UTI. "Deu ruim, mas nós é zika!", escreveu.

O hospital São Luiz confirmou a internação do astro, mas não informou o estado de saúde do ator atendendo um pedido da família de Titto.
Fonte: Uol

Hospital Walfredo Gurgel esclarece boato sobre invasão de criminosos na unidade

Veja abaixo:

ERRATA

Bom dia a todos. Esta rolando uma mensagem pelas redes sociais de que o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel está sendo invadido por criminosos para resgatar membros do PCC que estariam internados naquela unidade hospitalar. ISTO É MENTIRA!!!. Por favor, aqueles que recebem esta mensagem, não repassem. Antes de propagar qualquer informação recebida, tentem checar com os veículos de comunicação da cidade. Obrigado desde já.

Atenciosamente
Assessoria de imprensa do HMWG
Fonte: Blog do BG

Proposta de reforma, que inclui criação de três impostos, deve ser apresentada em fevereiro

Na promessa do presidente Michel Temer de priorizar em 2017 a aprovação de uma reforma tributária, a Câmara dos Deputados possivelmente em fevereiro já prepara uma proposta radical de mudança na forma de cobrança de impostos e contribuições sociais pelo governo federal, Estados e municípios

O projeto prevê a extinção de sete tributos federais (IPI, IOF, CSLL, PIS, Pasep, Cofins e salário-educação), do ICMS (estadual) e do ISS (municipal). Em troca, seriam criados outros três: o Imposto sobre Valor Agregado (IVA), o Imposto Seletivo e a Contribuição Social sobre Operações e Movimentações Financeiras.

Esse último seria uma espécie de CPMF. A nova contribuição seria usada para permitir a redução das alíquotas da contribuição previdenciária paga pelas empresas e trabalhadores. Remédios e alimentos teriam tributação reduzida.

O projeto também prevê a criação de um SuperFisco estadual responsável pelo IVA, que incidiria sobre o consumo de qualquer produto e serviço, semelhante ao modelo europeu. A Receita Federal cobraria o Imposto Seletivo, que incidiria sobre produtos específicos, como combustíveis, energia, telecomunicações e transportes.
Por Robson Pires

Ônibus de turismo com passageiros do Piauí é metralhado no RN

Cerca de 36 passageiros, entre adultos e crianças do município de Floriano no Piauí que estavam em um ônibus de turismo, passaram por um grande susto quando o veículo atravessava o Estado do Rio Grande do Norte. Eles foram abordados por assaltantes que metralharam o ônibus e deixaram o motorista ferido. Nenhum passageiro foi atingido pelos disparos.

Em entrevista ao Piauí TV, o motorista Moisés Barbosa relatou os momentos de tensão durante a abordagem dos bandidos. Ele seguia viagem com outro ônibus. A parte frontal do ônibus ficou repleta de marcas de tiros.

“Só eu que fui atingido, as outras pessoas correram risco, mas todos se esconderam atrás das cadeiras, mas a destruição no ônibus foi grande, janelas quebradas, foi o maior desastre”, disse.

Na entrevista, o motorista conta que está na profissão há 35 anos, ele conta que já está pensando em mudar de ramo.

Fonte: Nova Cruz oficial/Robson Pires

Segundo UOL, em Alcaçuz os presos controlam chaves de pavilhão e até entrada de comida

Do UOL

Todos os dias, a empresa contratada para fornecer alimentação aos cerca de 1.300 detentos deixa as quentinhas na portaria da penitenciária de Alcaçuz. Naquele momento, agentes chamam um preso, conhecido como “pagador”, que tem um carrinho já preparado para levar os alimentos aos colegas. Sim, são os presos que distribuem a comida entre si –podendo decidir, inclusive, quem se alimenta.

Essa é só uma das rotinas que mostram o domínio dos presos na penitenciária de Nísia Floresta (na Grande Natal), onde, no dia 14 de janeiro, houve um massacre com pelo menos 26 mortes de detentos.

O UOL ouviu por uma semana relatos de agentes, presos, advogados e autoridades sobre como era o presídio antes do massacre.

Em março de 2015, uma rebelião destruiu quatro dos cinco pavilhões. Desde então, os agentes não entram mais na unidade para serviços.
“Quem é que entra com os presos todos soltos para entregar comida? Isso ocorre por falta de segurança. Sem contar que isso não é nosso serviço. Nossa missão é manter a ordem e a segurança na unidade. Os presos que estão lá ganham remissão de pena pelo serviço”, explica a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte, Vilma Batista.

Segundo ela, há um número reduzido de agentes de plantão: antes do massacre do dia 14, eram seis na escala. Agora, com o agravamento da crise, esse número subiu.

Ela conta ainda que os agentes têm um limite de acesso. “Os presos estão soltos, e a gente não tem acesso às áreas. Só quando vem reforço é que a gente faz uma intervenção. O limite de acesso é antes do portão”, afirma.

Isso interfere também quando há necessidade de um advogado conversar com um preso. “Quando precisamos conversar com um preso, vamos até um guichê de atendimento. Lá, vou a um agente do administrativo, que procura saber em que pavilhão ele está. Você pega esse papel e leva a um agente, que chama um preso chaveiro geral. Ele pega o papelzinho, vai correndo ao pavilhão e, quando chega nas proximidades, chama outro preso chaveiro, que no pavilhão começa a gritar para chamar o preso”, conta o advogado e coordenador estadual do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, Gabriel Bulhões.

“Ele vem, então, até a porta do pavilhão, e o chaveiro abre e o tira. Então, vem com o outro chaveiro até o rol de Alcaçuz, quando ele deixa o complexo”, complementa.

Os presos pagadores são jurados de morte por outros detentos por prestarem serviço ao Estado. Por isso, eles ficam em outra acomodação separada.

Ações fracassadas
A versão de que os presos estão soltos é confirmada pelo Estado, Ministério Público e Justiça. O juiz da Vara de Execuções Penais de Natal, Henrique Baltazar afirma que o Estado até tentou reconstruir o que houve de destruição, mas fracassou.

“Em março de 2015, quando houve as grandes rebeliões, o Estado disse que ia reconstruir, gastar R$ 8 milhões. Deixei claro que era dinheiro jogado fora, porque iam quebrar tudo de novo. Colocar grades em cela que cabiam oito, mas tinha 20? Era óbvio que iam arrebentar. O dinheiro foi quase todo perdido. Se for recuperar agora, vai acontecer o mesmo”, disse.

Com os presos no controle, o MP (Ministério Público) acredita que houve um fortalecimento das facções.

“Já faz 22 meses que tivemos a pior rebelião de Alcaçuz. Tudo foi quebrado, apenas o pavilhão 5 era inteiro –e agora é o mais depredado. Desde março de 2015 que está tudo fora de controle nos demais pavilhões, que os presos ficam soltos e não se recolhem as celas. Assim, as lideranças do crime exercem sua ditadura sobre os demais presos. Se não resolvermos isso, não resolveremos o problema”, afirma o Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis.

Lá dentro, segundo apurou o UOL, presos de facções cobram “mensalidades”. O PCC, por exemplo, cobra valores e faz rifas rotineiras com intuito de arrecadar fundos. Já o Sindicato do Crime tem um “caixa”, em que cada detento ligado a ela é obrigado a pagar R$ 50 mensais.

Problemas estruturais
O pesquisador e coordenador do Obvio (Observatório da Violência Letal Intencional), ligado à Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Ivênio Hermes, explica que além dos problemas causados pelo domínio dos presos, há outros estruturais que tornam ainda mais difícil a existência da unidade.

O presídio é dividido em cinco pavilhões, sendo que o último deles, o 5, é independente e chamado de penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga. Mas o prédio fica dentro do complexo, separado de outros pavilhões apenas por um portão –que foi destruído no sábado. Ele abrigava pessoas do PCC (Primeiro Comando da Capital).

“Alcaçuz tem 10 guaritas, mas apenas nove funcionam. Dessas, só cinco estão sendo utilizadas porque as outras não possuem condições de um homem subir. E elas não se comunicam entre si. Os guariteiros [policiais que ficam nas guaritas] não podem caminhar pelo muro para fazer a segurança do perímetro. Há um ponto cego, onde não há guarita, e faz com que uma parte inteira do presídio seja local de fugas”, explica.

Além disso, o projeto executado seria diferente daquele pensado no início. Um exemplo foi a localização da obra, construída sob dunas móveis. Em 1998, conta uma moradora da região, o local onde Alcaçuz foi erguido era o ponto mais alto da região. Hoje, há várias outras dunas mais altas, que permitem a visão completa da penitenciária.

“O piso não é de concreto, e assim é fácil fazer escavações. Os pavilhões são de alvenaria, tijolo, que são facilmente quebráveis. Não há como fixar grades corretamente. Sem contar que um dos lados fica muito próximo da comunidade e permite que pessoas lancem para dentro qualquer material”, explica Hermes, que também é engenheiro civil.

Ações do governo
A principal ideia do governo para acabar com a guerra de facções –até a construção de novos presídios– é erguer um muro para separar os detentos de grupos opostos. A obra teve início nesse sábado (22).

O governador Robinson Faria (PSD) afirmou que não tem como meta reformar Alcaçuz e pretende acabar com a unidade após a construção dos três presídios previstos.

Já sobre a falta de pessoal, o governo anunciou que vai contratar 700 agentes penitenciários provisórios. A medida, porém, é criticada pelo sindicato da categoria, que planeja uma greve em protesto contra a medida.
Por Heitor Gregório

Polícia Civil abre inquérito contra 17 por rebeliões em Alcaçuz e ataques

Suspeitos foram presos e inquéritos foram abertos, informou a polícia.

Muro de contêineres começou a ser construído para separar facções.
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informou neste domingo (22) que 17 pessoas foram presas por envolvimento direto ou indireto nos atos dentro e fora da Penitenciária de Alcaçuz dede o início das rebeliões que começaram no sábado (14). Dois adolescentes também foram apreendidos. Em todos os casos foram abertos inquéritos policiais, informou a Polícia Civil.

A Polícia Civil cita entre os presos cinco chefes de uma facção criminosa que já estavam em Alcaçuz e foram retirados do presídio na segunda-feira (16). Eles teriam liderado a rebelião que resultou na morte de pelo menos 26 detentos. Eles podem responder por 26 homicídios, além de dano ao patrimônio público, lesão corporal, vilipêndio de cadáver e organização criminosa.

Outros 12 foram presos em ações distintas, ligadas a ataques e outras ocorrências. Um deles, por gravar e divulgar vídeo com ameaças à sociedade e a policiais. Dois homens e um adolescente foram detidos sob suspeita de planejar ataques na cidade de Parelhas.

Foram presos outro suspeito de atear fogo na garagem da prefeitura de São Paulo do Potengi e três por atirar contra um ônibus que estava no terminal do Parque dos Coqueiros, Zona Norte de Natal.

A polícia também afirma que um foragido da penitenciária de Alcaçuz foi preso em flagrante por roubo e um jovem foi detido tentando arremessar munições para dentro do presídio. Mais um suspeito foi preso por ter participado de um incêndio que atingiu três ônibus em Barra de Maxaranguape.

Na quarta-feira (18), policiais civis de Parelhas, com o apoio da Polícia Militar, prenderam dois homens e dois adolescentes com drogas, gasolina e uma arma. Eles são suspeitos de planejar ataques criminosos contra prédios públicos a partir de ordens partidas de dentro do sistema prisional. Uma das prisões foi feita pela Força Nacional e outras três por guardas municipais.
Em Alcaçuz, muro feito de contêineres tem a primeira fileira pronta; uma segunda ainda será erguida sobre a base (Foto: Fred Carvalho/G1)

Muro

Está pronta a primeira fileira do muro feito com contêineres – estrutura improvisada para separar as duas facções criminosas que disputam o poder dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. Uma segunda fileira, posta sobre a base, deverá ser feita ainda neste domingo (22). Apesar da separação, os detentos permanecem soltos pela unidade.

Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal. Foi lá, no fim de semana passado, que pelo menos 26 detentos foram mortos durante a invasão de um pavilhão. Na quinta (19), após novo enfrentamento, muitos presos ficaram feridos. A PM confirma que há novos mortos dentro da unidade, mas não informou o número. Neste sábado, enquanto os contêineres eram posicionados, equipes do Instituto Técnico de Perícia (Itep) encontraram e recolheram duas cabeças, um antebraço, um braço e uma perna.

Para a Polícia Militar, a missão de separar os presos com o muro objetiva "preservar vidas". Foi o que disse o comandante geral da corporação, coronel André Azevedo, em entrevista no final da tarde do sábado após a primeira fileira de contêineres ficar pronta. Apesar disso, os detentos permanecem soltos e armados.

Durante a missão deste sábado, os presos ficaram confinados nos pavilhões 1 e 5, onde os policiais militares não entraram e não foi feita varredura pelos peritos do Itep. No pavilhão 1, ficaram isolados detentos que pertencem à facção Sindicato do RN. No pavilhão 5, membros do PCC.

Ainda durante a entrevista, o comandante destacou que caçambas recolheram uma grande quantidade de entulhos e muitas barras de ferro que eram usadas como armas pelos presos. Mas, não deu prazo para que o Estado faça uma intervenção em busca de armas de fogo e armas brancas.

Do G1 RN

Incrições para o Sisu começam na terça-feira; consulta já pode ser feita no site

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)Arquivo/Agência Brasil

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam esta semana, do dia 24 ao dia 27 de janeiro. As vagas já estão disponíveis e os estudantes podem aproveitar o final de semana para pesquisar as melhores opções.

A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 238.397 vagas 131 instituições públicas.

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

Nota de corte 

Após a abertura das inscrições, uma vez por dia, são divulgadas ao notas de corte de cada um dos cursos, tanto pelo sistema universal quanto pelo sistema de cotas.

O candidato também pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. Ao longo do período de inscrição, o candidato pode mudar as opções de curso.

O Ministério da Educação (MEC) ressalta que o tanto a classificação parcial quanto a nota de corte são calculadas a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Portanto, são apenas uma referência, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada.

O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro. Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular para as vagas poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.
Da Agência Brasil

Com 33 artigos alterados em 2016, Código Brasileiro de Trânsito completa 19 anos

Com 33 artigos alterados em 2016, o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), que entrou em vigor em 21 de janeiro de 1998, completa hoje (22) 19 anos. Com o intuito de regulamentar as atividades de planejamento, administração, licenciamento de veículos, formação, habilitação e educação de condutores e futuros condutores, a legislação de trânsito brasileira está cada vez mais rigorosa.

A adequação mais recente foi em 1° de novembro do ano passado, quando entrou em vigor a Lei Federal 13.281 que, dentre outras medidas que visam a diminuir o número de acidentes e de vítimas do trânsito, reajustou o valor das multas.

A punição para infração leve subiu de R$ 53,20 para R$ 88,38 e para infração média, de R$ 85,13 para R$ 130,16. Os valores cobrados de quem comete infração grave e gravíssima também subiram. No primeiro caso de R$ 127,69 para R$ 195,23 e no segundo de R$ 191,54 para R$ 293,47.

Além disso, a classificação de algumas infrações também mudou. O uso de celular ao volante, até então considerada média com multa e perda de quatro pontos na carteira, tornou-se infração gravíssima com perda de sete pontos.

A recusa em fazer o teste do bafômetro, que não era considerada infração, passou a ser infração gravíssima, com o valor multiplicado por 10. Ou seja, quem não fizer o teste poderá ser autuado em R$ 2.930. O motorista também terá a habilitação apreendida pelo prazo de 12 meses.

No entanto, para o Coordenador-Geral de Educação do Denatran, Francisco Garonce, apesar do esforço em adaptar e modernizar a legislação, ainda há muito trabalho a ser feito para tornar as vias do país seguras.

"O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) tem atuado em diversas frentes, que vão desde o apoio a campanhas educativas e ações para melhorar os processos de formação de condutores até ações voltadas para a segurança nas estradas, nas ruas e nos próprios veículos”, diz Garonce.

Da Agência Brasil

Chuva causa pontos de alagamento na Grande Natal

Avenidas de Natal tem vários pontos de alagamento. STTU orienta que os motoristas tenham atenção redobrada durante o período de chuva
A chuva que vem caindo em Natal desde as primeiras horas da manhã deste domingo (22) deixa pontos de alagamento na cidade.

Em tradicionais ruas como avenida Afonso Pena vários trechos estão alagados.O mesmo acontece no cruzamento da Rua Mossoró, na zona Leste de Natal.

Já na zona Sul, próximo a Avenida da Integração também alagou . A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) orienta que os motoristas tenham atenção redobrada durante o período de chuva.

Segundo informações da Climatempo o domingo será de períodos nublado, com chuva a qualquer hora. A capital do Rio Grande do Norte registra 23 graus nesta tarde.
Fonte: Agora RN

OS PARABÉNS DO BLOG HOJE É PARA A QUERIDA AMIGA ALBANIR MELO

HOJE O DIA ESTÁ MAIS ILUMINADO POIS MINHA QUERIDA AMIGA ALBANIR MELO ESTÁ APAGANDO AS VELINHAS, PARABÉNS ALBANIR QUE ESTA DATA SE REPITA POR MUITOS ANOS E QUE JESUS TE ABENÇOE SEMPRE COM MUITA SAÚDE.

QUERO QUE SAIBAS QUE SOU MUITO FELIZ POR TER AMIGOS TÃO ESPECIAIS QUANTO VOCÊ, SUA ALEGRIA CONTAGIANTE, IRRADIA OS AMBIENTES PASSANDO UMA ENERGIA POSITIVA PARA AS PESSOAS.

ROBSON FREITAS E FAMÍLIA

A PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARÁ CONVIDA TODOS OS TANGARAENSES A PARTICIPAREM DA ABERTURA DA 34ª COPA VERÃO DE FUTSAL 2017

A Prefeitura Municipal de Tangará tem a honra de convidar todos os tangaraenses a participarem da 34ª COPA VERÃO DE FUTSAL 2017 promovida pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com o apoio total da Prefeitura Municipal de Tangará, que realizar-se-á no período de 23/01 à 10/02/2017, no Ginásio Poliesportivo Senador Carlos Alberto de Souza, horário do evento: a partir das 19h.

Amanhã segunda-feira (23), acontecerá a abertura do evento às 19h00, às 19h15min jogará Matadouro X Bad Boys e às 20h10min Russinha X União.

Contamos com a presença de todos para abrilhantar este evento.

Segue abaixo a tabela detalhando todos os jogos: