Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

domingo, 11 de junho de 2017

Jararaca é absolvido por 6 a 1 pelo júri popular após julgamento histórico

O cangaceiro Jararaca, que atacou a cidade de Mossoró no ano de 1927 junto ao bando de Lampião, foi absolvido por 6 votos a 1 em Juri Popular realizado nesta sexta-feira, 9 de junho, em Mossoró. O julgamento, que aconteceu após 90 anos do crime, atraiu olhares da mídia nacional.

O júri simulado faz parte da programação da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC). Tudo aconteceu na Sala de Júri do Fórum Municipal Silveira Martins.

Os trabalhos do júri foram presididos pelo juiz Breno Valério Fausto de Medeiros. O advogado e escritor Diógenes da Cunha Lima atuou na acusação, fazendo o papel de promotor de justiça. O também advogado e escritor Honório Medeiros foi ao plenário sustentar a defesa do cangaceiro.

Fizeram parte do júri:

Inessa Linhares, advogada e professora
Ludmilla Carvalho, escritora e professora
Manoel Vieira Guimarães, Padre e escritor
Antônio Clóvis Vieira, professor e advogado
Lúcio Ney de Souza, advogado e escritor
Rubens Coelho, escritor e jornalista
Armando Negreiros, médico e escritor

VIA MOSSORÓ HOJE/ONATALENSE