Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

quarta-feira, 28 de junho de 2017

LUCY ALVES É UM DOS MAIORES TALENTOS DA MÚSICA BRASILEIRA HOJE E O SÃO JOÃO DE CARUARU EXPLICA ISSO

Além de estar destruindo tudo com “Caçadora”, a paraibana mostrou que manda bem em qualquer ritmo ou instrumento
A Lucy Alves já respirava música aos quatro anos de idade (quando entrou no Projeto Formiguinhas). Depois ela virou violinista na Orquestra Infantil da Paraíba e da Camerata Izabel Burity, cresceu, virou solista nas Orquestras Sinfônicas da Paraíba e de Recife e até da Orquestra de Câmara de João Pessoa. A mina ainda tocou violino no conservatório musical da Universidade Federal da Paraíba, onde ela fez graduação em música.
A moça manda muito, mesmo - e se você ainda não ouviu “Caçadora”, recomendamos muito que você aperte o play agorinha mesmo na playlist Chiclete aqui mesmo na página. A carreira da Lucy começou a despontar quando ela entrou no grupo nordestino Clã Brasil.

Oito álbuns depois, ela participou do The Voice Brasil e apaixonou todo mundo que passava perto da televisão. Ela manja de mais estilos musicais do que a gente consegue listar, mas o último single mostra o lado mais pop da Lucy, sem perder a levada do forró. Não vamos nem comentar a letra maravilhosa e perfeita pra cantar na balada porque senão a gente ia ficar aqui escrevendo até amanhã. 

Se todo esse currículo já não explicasse o talento imensurável desse furacão em forma de mulher, o show dela no São João de Caruaru explica de todas as maneiras possíveis que ela é um dos maiores talentos da música brasileira hoje.

Mesmo com pesos pesados como DJ Alok e Lenine no lineup da festa, a Lucy foi uma das mais elogiadas pelo público. Talvez você lembre dela por causa da novela Velho Chico, onde ela interpretava a Luzia - e essa experiência com teatro deixa a apresentação dela ainda mais incrível.
Além de representar o forró e fazer questão de provar a importância das mulheres no gênero mais tradicional do São João, a Lucy trouxe a caruarense Sofia Nunes pra participar do show. Com o sangue nordestino fervendo, ela começou a apresentação fazendo a sanfona chorar. Logo na sequência, veio um xote composto por ela em parceria com o pai. E claro que o hit “Caçadora” também não podia faltar.

A Lucy transborda presença de palco e faz por merecer o título de multi-instrumentista: em uma única apresentação, ela cantou, tocou guitarra baiana e sanfona e fez até um cover de “I Wanna Love You”, do Bob Marley. Palavras não são suficientes pra descrever a vibe desse momento e a plenitude dessa paraibana maravilhosa no palco.

Não é todo dia que a gente vê uma artista com um talento tão grande e ainda mais com esse repertório que nada mais é do que uma homenagem a todas as mulheres incríveis do Nordeste que vieram antes dela. Lucy Alves é arretada, fuderosa e tudo o que a gente precisa na música - e a gente mal pode esperar pra ver esse legítimo mulherão da p*rra tomar conta do Brasil inteiro.

Fonte: http://topsify.com.br