Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

sexta-feira, 30 de junho de 2017

UMA DAS MELHORES DO PAÍS: Maternidade Januário Cicco é uma das melhores do país, diz ANS

A Maternidade Escola Januário Cicco é uma maternidade pública da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, localizada em Natal, Rio Grande do Norte. É considerada a mais importante maternidade do Estado.
Maternidade Januário Cicco
Trecho da reportagem do Jornal Novo
"A Maternidade Januário Cicco, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN), filial da Empresa  Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está entre as melhores do Brasil, em termos de adesão às práticas de segurança do paciente, de acordo com a lista publicada recentemente pela Agência Nacional de Vigilância (Anvisa)

O levantamento, que faz parte do primeiro ciclo de autoavaliação das Práticas de Segurança do Paciente em Serviço de Saúde, realizado em 2016, contemplou os hospitais de todo o Brasil que possuem UTI adulto e tem como objetivo promover a cultura da segurança no ambiente institucional, enfatizando a gestão de riscos, o aprimoramento da qualidade e a aplicação das boas práticas, além de diagnosticar as práticas realizadas pelos serviços de saúde com leito de UTI e, a partir das informações coletadas, propor ações no nível local e nacional".

Do: http://portal.mec.gov.br
"A Maternidade Escola foi idealizada pelo médico Januário Cicco, norte-rio-grandense nascido em São José do Mipibu em 30 de abril de 1881. Formado na Bahia em 1906 com a tese "Do destino dos cadáveres" veio para Natal onde reorganizou a assistência médica, construindo o Hospital de Caridade Juvino Barreto, hoje Hospital Universitário Onofre Lopes. Carecendo de autonomia para seu funcionamento pois o Hospital era de propriedade do Estado, o Dr. Januário Cicco em 1926 criou uma Sociedade de Assistência Hospitalar com a finalidade de administrar o Hospital como serviço terceirizado. Logo depois, fundou a Maternidade de Natal cujas obras tiveram início em 1932. No início da década de 40, a Maternidade estava pronta para funcionar, mas o esforço de Guerra, representado na Capital do Estado pela construção do Campo de Aviação de Parnamirim com uma base americana., fez com que a Maternidade fosse ocupada como Quartel General das Forças Aliadas e Hospital de Campanha. Com o final da II Guerra Mundial e após intensa campanha o Dr. Januário Cicco conseguiu retomar o prédio, restaurá-lo e colocá-lo para funcionar o que ocorreu somente em 1950. Em 1º de novembro de 1952, falece Januário, passando seu sucessor o Dr. Onofre Lopes a administrar a Sociedade de Assistência Hospitalar, dando continuidade ao sonho de seu fundador. Sucessivamente a Maternidade de Natal, que em sua inauguração teve sua denominação mudada para Maternidade Januário Cicco, foi administrada pelos Drs. João Tinoco, Joaquim Luz Cunha, Leide Moraes (por 28 anos), Ivis Bezerra e Ivan Lins. O diretor atual é o médico e Professor Adjunto Iaperi Araujo. O Professor Leide Moraes que mais tempo administrou a Maternidade-escola, criou serviços, instalou a cátedra de Obstetrícia, integrou o Departamento de Toco-Ginecologia, estimulou a formação das bases de pesquisa, reformou e adaptou gerações de toco-ginecologistas na região Nordeste".

Fonte de pesquisa desta matéria: 
http://www.novonoticias.com
Fonte: http://portal.mec.gov.br