Blog do Robson

WTW INTENT CABEADA

Image and video hosting by TinyPic

Compartilhamento:

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Chuva forte causa deslizamentos e pontos de alagamento em Natal

Árvores também tombaram. STTU registrou diversos pontos de alagamento nesta quinta (6). Motoristas devem dirigir com cautela para evitar acidentes.
Terra cedeu e carro ficou parcialmente soterrado em Natal (Foto: Divulgação/PM )
Por G1 RN
A chuva forte que cai em Natal desde a noite desta quarta-feira (5) deixou pontos de alagamento e o trânsito lento em diversas ruas e avenidas da cidade. De acordo com a Defesa Civil, dois deslizamentos de terra foram registrados em túneis. Um carro quase foi soterrado. Parte de uma árvore caiu e, durante a madrugada, quatro resgates foram realizados, três deles usando botes.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em Natal choveu 117 milímetros entre as 23h da quarta e as 9h desta quinta (6).
Parte da Av. Ayrton Senna, na Zona Sul de Natal, foi tomada pelas águas da lagoa de captação, que transbordou (Foto: Wendell Paiva)

Ainda segundo a Defesa Civil, os bairros que tiveram mais inundações foram Capim Macio e Lagoa Nova, ambos na Zona Sul, e Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. O cruzamento da avenida Ayrton Senna com a avenida das Alagoas, também na Zona Sul, está alagado e o tráfego prejudicado por causa da lagoa de captação, que transbordou.
No viaduto de Neópolis, a terra cedeu e invadiu a pista (Foto: Keyson Cunha )
O túnel do bairro de Neópolis foi completamente interditado após um carro ser parcialmente soterrado por um deslizamento de terra ainda durante a noite desta quarta-feira (5). A marginal da BR-101 está parcialmente bloqueada depois que a terra do viaduto de Neópolis cedeu e caiu sobre a pista. Na Zona Leste, o túnel da avenida Capitão-Mor Gouveia está fechado.
Em uma residência, as marcas nas paredes mostram o nível em que a água chegou (Foto: Marksuel Figueiredo/Inter TV Cabugi )
Ainda na Av. Capitão-Mor Gouveia, a água inundou algumas casas, deixando prejuízo para os moradores.
Chuva forte deixou vários pontos da cidade intrafegáveis (Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi)
Logo nas primeiras horas de chuva, parte de uma árvore caiu na avenida Hermes da Fonseca, no bairro Tirol. Uma faixa da via foi interditada para o trânsito, que ficou bastante lento.
No Tirol, uma árvore partiu e galhos caíram sobre a Av. Hermes da Fonseca, uma das mais movimentadas da cidade (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
No bairro da Ribeira, na Zona Leste, uma árvore também tombou. Só não foi completamente ao chão porque ficou amparada pelos fios de telefone e da rede elétrica.
Marginal da BR-101, próximo da Arenas das Dunas, ficou alagada (Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi)

A situação também foi crítica no Conjunto Santarém. À noite, pessoas que moram próximo à lagoa de captação do bairro tiveram que deixar suas casas, pois a água invadiu várias residências na região.

STTU interditou o túnel da avenida Capitão-Mor Gouveia (Foto: Divulgação/STTU )

Dois resgates aconteceram no bairro de Lagoa Nova. Em um deles, um casal de idosos precisou ser retirado pela Defesa Civil com a ajuda de um bote após ter a casa alagada. No mesmo bairro, o muro de uma casa desabou. Ninguém se feriu.

Em Lagoa Nova, o muro de uma casa desabou. Ninguém se feriu. (Foto: Marksuel Figueiredo/Inter TV Cabugi)

Quatro crianças também precisaram ser salvas durante a madrugada no bairro de Cidade Nova, na Zona Oeste da cidade. A casa onde elas moram também inundou.

No Santarém, moradores tiveram que erguer os móveis por conta da água que invadiu as casas (Foto: Alan Cleber/Inter TVCabugi )

No conjunto Santarém, na Zona Norte da cidade, moradores tiveram que erguer os móveis por conta da água que invadiu as casas.

A STTU orienta que os motoristas tenham atenção redobrada e dirijam com cautela para evitar acidentes.

Ainda de acordo com a Defesa Civil de Natal, também foram registrados: 
alagamento de uma rua em Lagoa Nova (próximo ao Habib's), na Zona Sul;
alagamento na rua Oceano Pacífico, no bairro Pajuçara, na Zona Norte;
chamado para o bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste, onde um muro rachou.

Fonte: G1 RN