Compartilhamento:

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Duplo homicídio em condomínio: ex-companheiro de advogada é procurado pela Polícia

Por redação Tribuna do Norte
Crime passional. Essa é uma das linhas de investigação da Polícia Civil para apontar a motivação do assassinato do casal Andreia Teixeira, advogada de 44 anos, e Lenivaldo César de Castro, de 52 anos, que foram mortos a tiros durante a madrugada desta quarta-feira (28) em um condomínio em Parnamirim. No desdobramento das ações policiais, um ex-companheiro de Andreia está sendo procurado.

Imagens de câmeras de vigilância interna mostraram o crime: o homem chegou ao local em um veículo Sedan de cor escura e esperou pela chegada do casal. Ao ver Andréa e Lenivaldo, o criminoso saiu do veículo, abordou e alvejou o casal com disparos de calibre 12 na frente da residência onde Andreia morava. A ação durou segundos. Não é possível identificar o indivíduo pelas imagens.

Em outro vídeo, é possível ver o momento em que o assassino sai do condomínio residencial sem ser restringido ou barrado após matar o casal. O local está localizado na avenida Maria Lacerda, bairro de Nova Parnamirim.

Veja o momento do crime abaixo:

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Professor morre ao ser espancado no calçadão de Ponta Negra; DHPP investiga crime

Por redação Tribuna do Norte
Um homem foi brutalmente espancado e acabou morrendo no calçadão de Ponta Negra, na zona Sul de Natal, na madrugada deste domingo (25). A vítima foi identificada como Árison Rodrigo de Brito, 38 anos. Ele era professor da rede estadual de ensino e estudante do curso de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

A Polícia Civil está investigando o caso, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A motivação e autoria do crime ainda não foram confirmadas.

Após o crime, o corpo da vítima foi recolhido por agentes do Instituto Técnico-Científico de Perícia. Posteriormente, ele foi liberado para a família proceder com o velório e sepultamento do professor, na cidade de Santa Maria, no Agreste Potiguar.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou confirmar as circunstâncias do crime com a Polícia Militar, mas ainda não houve retorno até a publicação deste texto.

Mais informações em instantes

Polícia detém 23 pessoas por rinha de galos no interior do RN

Foto: Divulgação/PM

Uma operação conduzida pelos Policiais Militares do 10º Batalhão resultou na detenção de 23 pessoas, entre homens e mulheres, envolvidas em uma rinha de galo na comunidade rural do Medubim, no município de Assu. A ação foi realizada no último sábado (24).

As guarnições do Grupo Tático Operacional (GTO), Força Tática (FT) e Rádio Patrulha (RP) foram acionadas pela Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) para intervir na ocorrência.

Ao chegarem ao local, as equipes organizaram um cerco que culminou na detenção das 23 pessoas e na apreensão de 42 galos utilizados nas atividades ilegais. Durante a operação, foi identificado um homem com mandado de prisão do estado do Ceará. No local, foram recolhidos anabolizantes, seringas e outros materiais destinados ao tratamento dos galos feridos, que tinham o objetivo de evitar óbitos dos animais.

Um micro-ônibus da Polícia Militar foi mobilizado para transportar os envolvidos até a Delegacia de Plantão em Mossoró.

Acidente entre três carros e um micro-ônibus deixa duas pessoas mortas na BR-226

Por redação Tribuna do Norte
Uma colisão entre quatro veículos, sendo três carros de passeio e um micro-ônibus, deixou duas pessoas mortas durante as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (26), na BR-226, na proximidade entre a divisa de Currais Novos e Campo Redondo.

De acordo com informações confirmadas Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caso ocorreu por volta das 06h10, no km 150. As vítimas não foram identificadas até a publicação desta matéria. A colisão também deixou outra pessoa em estado grave.

Unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), bem como viaturas da própria PRF estiveram no local para prestar socorro e recolher o corpo das vítimas. Não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

SETHAS EMITE NOTA INFORMATIVA SOBRE A SUSPENSÃO DO PROGRAMA CAFÉ CIDADÃO EM TANGARÁ

Natal (RN), 22 de fevereiro de 2024.

A SETHAS, em razão de inconformidades contratuais constatadas depois de inspeções de rotina, resolveu suspender, temporariamente, o funcionamento da unidade do Programa Café Cidadão do município de Tangará.

Diante das inadequações contratuais verificadas, esta Secretaria determinou a suspensão, a partir de 23 de fevereiro de 2024, para assegurar a qualidade do serviço prestado e garantir a segurança alimentar e nutricional da população usuária desta unidade

Hoje (22/02) a SETHAS enviou um termo de advertência à Leve Refeições Coletivas Ltda, concessionária do serviço, notificando sobre a suspensão ao mesmo tempo em que solicita providências imediatas para a resolução das inadequações identificadas.

O retorno das atividades será realizado o mais breve possível mediante a correção das inconformidades por parte da empresa supracitada.
Fonte: SETHAS RN

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Mossoró: Governo contratou empresa de “laranja” para obra em presídio federal

Por redação Tribuna do Norte
O governo federal contratou uma empresa em nome de um “laranja” para fazer obras de manutenção dentro do presídio federal em Mossoró (RN), de onde presos ligados ao Comando Vermelho fugiram no último dia 14. A companhia tem faturamento anual de R$ 195 milhões, mas seu dono, no papel, é um beneficiário do auxílio emergencial que mora na periferia de Brasília.

O contrato foi assinado em abril de 2022, na gestão de Anderson Torres no Ministério da Justiça do governo Jair Bolsonaro (PL), e prorrogado um ano depois, em abril de 2023, na gestão de Flávio Dino, do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os contratos foram firmados por meio dos respectivos setores que cuidam de presídios no ministério, sem a participação direta dos ex-titulares da pasta.

Especialistas consideram grave o fato de um presídio de segurança máxima contratar uma empresa sem saber quem é o verdadeiro dono. Uma das suspeitas investigadas é a de que uma obra teria facilitado a fuga dos criminosos – a primeira na história dos presídios de segurança máxima do País.

Havia mais de uma obra em andamento. Ainda não foi apontada, porém, qual delas teria ajudado os criminosos. Rogério da Silva Mendonça, conhecido como Tatu, e Deibson Cabral Nascimento, o Deisinho, ainda não foram encontrados, e as buscas entraram no 8º dia.

Em nota, o Ministério da Justiça informou que acionará “os órgãos competentes federais para que seja realizada rigorosa apuração referente à lisura da empresa citada”. Destacou também que, na assinatura do contrato, em 2022, a empresa cumpriu todos os requisitos técnicos, apresentou todas as as certidões de conformidade e vinha cumprindo todas as suas obrigações.

Já a empresa afirmou que a reportagem é “imprudente” ao classificar o dono como laranja, mas não esclareceu os questionamentos levantados. Também não quis dar informações sobre a atuação em Mossoró.

A empresa em questão é a R7 Facilities, sediada em Brasília. Ela foi contratada para realizar obras de manutenção no presídio federal de Mossoró por R$ 1,7 milhão. A companhia informou, em balanços de 2023, ter R$ 353 milhões em contratos ativos com os setores público e privado.

Apesar do tamanho da companhia, o sócio-administrador é um técnico de contabilidade que recebeu 12 parcelas do auxílio emergencial, benefício pago a cidadãos em vulnerabilidade financeira durante a pandemia da covid-19. Gildenilson Braz Torres, de 47 anos, tem como endereço uma casa simples no Riacho Fundo, região periférica do Distrito Federal, e não soube dar informações sobre a operação da empresa.

O histórico de Gildenilson não bate com o de um empresário vencedor de contratos milionários. Ele é cobrado na Justiça pelo governo do Distrito Federal por não pagar uma dívida de R$ 8.338,10, referente a parcelas de 2017 a 2020 de um imposto sobre serviços autônomos. Em fevereiro de 2022, um juiz determinou o bloqueio de bens, mas só foram encontrados R$ 523,64 nas contas dele.

Gildenilson afirma ter um escritório de contabilidade no Núcleo Bandeirante, bairro da periferia formado pelos “candangos” da construção de Brasília. No endereço, há uma placa em que ele se apresenta como o responsável pela empresa “Mega Batatas”. Não há qualquer menção à R7 no prédio nem nas redes sociais dele.

Ao Estadão, Gildenilson afirmou ter CEO, diretores e outros empreendimentos, mas que não podia dar informações sobre eles. Ele desligou o telefone logo após a reportagem insistir em mais detalhes.

“Cara, tipo assim, ‘tá’ rolando uns negócio aí do contrato que a gente tem terceirizado de Mossoró. É sobre isso? Tipo assim, tenho de conversar com meu advogado. Não posso falar nada sem conversar com ele. Qualquer coisinha, pego seu número e entro em contato”, afirmou.

A reportagem também esteve no endereço que Gil, como é conhecido, informa como residencial, no Riacho Fundo. Ele não estava. O concunhado dele mora no local e afirmou desconhecer o vínculo de Gildenilson com uma empresa milionária. “Se fosse verdade, ele não estaria andando com o carro velho em que ele anda”.

Gildenilson virou sócio-administrador da R7 Facilities em fevereiro de 2023. Dois meses depois, ele assinou o aditivo com o Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), para os serviços de manutenção em Mossoró.

Antes, desde janeiro de 2021, a companhia estava em nome de outro “testa de ferro”, o bombeiro civil Wesley Fernandes Camilo. Foi ele quem assinou o contrato, em 2022, com o antigo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), atual Senappen.

Hoje, Wesley Camilo trabalha como brigadista em um hospital particular de Brasília e afirmou ter renda mensal de R$ 4 mil. Mesmo assim, alegou estar satisfeito por ter repassado a empresa de balanço milionário da qual aparecia como único dono.

Camilo mora numa casa em Ceilândia, uma das regiões mais pobres do Distrito Federal. A reportagem encontrou um Volkswagen Nivus em sua garagem. O carro, avaliado em R$ 111 mil, está registrado em nome da R7 Facilities.

O bombeiro civil afirmou que comprou a empresa milionária sem desembolsar nada. Segundo ele, a firma foi repassada com créditos não recebidos e ele trabalharia para recuperá-los. O brigadista negou ter sido um laranja.

“Na realidade, irmão, eu comprei do Ricardo e passei para para o Gil. Mas isso aí, bicho, vai além de tudo isso. O meio é fogo, irmão. É só você pesquisar. Para ficar num meio sujo e perverso, melhor sair e passar para a mão dos caras”, disse Wesley, negando-se a detalhar a que se referia.

O fundador da empresa é Ricardo Caiafa, um empresário de Brasília. Ele afirmou que decidiu vender a companhia porque enfrentava dificuldades no mercado e decidiu sair do ramo. Foi procurado por um advogado que intermediou a negociação para Wesley Camilo.

Caiafa afirma não ter mais ligação com a R7. Diferentemente dos novos donos, ele mora em uma casa no Lago Sul, considerado o bairro com a maior renda per capita do País. A reportagem não encontrou indícios de que ele tenha vínculos com o grupo que controla a empresa atualmente.

A R7 presta serviços para o governo federal pelo menos desde setembro de 2016, segundo o Portal da Transparência. Com o Ministério da Justiça, o primeiro contrato é de fevereiro de 2019. Nesses casos, a gestão da empresa ainda era do fundador, Ricardo Caiafa. Os contratos com o Executivo federal dobraram após a entrada dos laranjas.

Especialistas veem problema grave no contrato do presídio

Coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas em Segurança Pública da PUC Minas, Luís Flávio Sapori diz que é preciso apurar se houve problemas no processo de licitação da R7 Facilities. “No caso, o que é suspeito é a característica da empresa que ganhou essa licitação, no governo Bolsonaro ainda. Na gestão do ministro Anderson Torres. A coisa começou lá. O problema está na origem (o que deve ser verificado é) a idoneidade e a capacidade técnica dela para fazer esse tipo de serviço”, diz.

“Não há dúvida que há uma suspeita em torno dessa empresa. Merece questionamento”, afirma ele, que foi secretário-adjunto de Segurança de Minas de 2003 a 2007. “Na verdade, há um protocolo a ser seguido por qualquer empresa que faça obras num presídio de segurança máxima.”

Sapori explica também que contratos guarda-chuva como o da R7 Facilities são comuns na administração de presídios. “Na gestão prisional, de maneira geral, é normal e conveniente fazer licitações de empresas que possam fazer a manutenção periódica dos presídios ao longo do tempo. É assim que funciona e deve ser assim mesmo, do meu ponto de vista. Isso permite resolver pequenos problemas de toda sorte que aparecem, sem que tenha de fazer nova licitação a cada problema”, acrescenta o sociólogo.

Lucas Rodrigues é advogado com atuação em contratações públicas. Segundo ele, um dos requisitos para que uma empresa possa participar de uma licitação – como a vencida pela R7 Facilities – é o de que ela esteja legalmente constituída. Se a empresa usou informações falsas, como o nome de um laranja, é possível que o contrato seja considerado nulo.

“Um dos requisitos para ela participar da licitação é ela (a empresa) estar regularmente constituída. O fato de ela ocultar um sócio indicaria que ela está constituída de forma irregular”, diz ele. Rodrigues falou em tese, sem conhecer o caso concreto. Além disso, os donos podem ter incorrido no crime de falsidade ideológica ao usar um “laranja”, diz o advogado.

R7 diz que alegação é “preconceito” e ministério pede apuração

Em nota, a empresa R7 Facilities alegou que é “imprudente” e “preconceituoso” se referir a Camilo e Gildenilson como laranjas. “O sr Wesley Camilo foi sócio da empresa R7 Facilities e o sr Gildenilson é o atual sócio, como pode ser verificado em documentos públicos junto à Junta Comercial do Distrito Federal”. A empresa se recusou a comentar sobre a fuga dos dois presos ligados ao Comando Vermelho, não especificou como atua no Rio Grande do Norte e não informou se irá colaborar com as investigações.

O Ministério da Justiça, em nota, destacou que a empresa cumpriu requisitos na fase de contratação e vinha cumprindo as obrigações contratuais conforme exigia a lei. Também ressaltou que as condições da fuga dos presos são investigadas pela Polícia Federal.

“A empresa citada atendeu todos os requisitos técnicos para a assinatura do contrato, realizada em abril de 2022, tendo apresentado todas as certidões de conformidade junto a órgãos públicos, como Receita Federal, Tribunal de Contas da União, Tribunal Superior do Trabalho, Ministério da Gestão, Inovação e Serviços Públicos, entre outros. Sobre o serviço prestado, de acordo com nota técnica emitida pela fiscalização do contrato, a empresa vinha cumprindo todas as suas obrigações, obedecendo os parâmetros pré-estabelecidos legalmente”, diz a nota.

As assessorias de Anderson Torres e Flavio Dino, que estiveram à frente do ministério entre 2022 e o início de 2024, informaram que o contrato não teve qualquer relação com os ex-titulares da pasta porque é assinado no departamento que cuida da área de presídios, dentro da própria pasta.

Estado tem dívida de R$ 14,8 milhões de transporte escolar

Programa de Transporte Escolar é custeado numa parceria entre Estado e municípios - Foto: Magnus Nascimento
Por redação Tribuna do Norte
A dívida do Governo do Estado por atrasos nos repasses aos municípios, para manutenção do transporte escolar, é de aproximadamente de R$ 14,8 milhões e pode comprometer o início do ano letivo nas unidades estaduais públicas de ensino, afirma a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn). Como representante das cidades, a Federação cobra o Governo pelos repasses e busca uma audiência com representantes do Executivo para regularizar a situação antes do início das aulas, marcado para 4 de março. Questionado sobre o assunto, a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) não respondeu.

“Estamos fazendo essa cobrança”, diz Luciano Santos, presidente da Femurn. “O Estado ficou de depositar R$ 2,5 milhões, atenuando essa dívida, até o final do ano, e que agora no final de fevereiro quitaria todas as parcelas”, detalha Luciano Santos. Os repasses são feitos no âmbito do Programa Estadual de Transporte Escolar (Petern), no qual municípios e Estado fizeram um convênio para oferecer transporte público a estudantes da rede pública, sobretudo os que moram em áreas mais afastadas. O programa é administrado pela SEEC, que não se pronunciou sobre o tema.

A preocupação dos entes municipais, ressalta a Femurn, é com a proximidade do início do ano letivo 2024. “Isso pode comprometer sim, com certeza. O risco que o Estado corre é que os municípios não assinem o convênio do Petern, porque não é obrigatório. Isso é uma adesão ao programa. Se o Município não aderir, o Estado é que tem que arcar com todos os custos e isso geraria um problema maior ainda porque o Petern é um convênio, é uma parceria”, explica Luciano Santos.

Segundo o presidente da Femurn, Luciano Santos, dos 167 municípios potiguares, cerca de 130 possuem convênios com o Petern, que consiste basicamente em levar estudantes da rede estadual de ensino para aulas, atividades extracurriculares entre outras ações, como disputa de jogos esportivos, por exemplo.

Municípios do Rio Grande do Norte já tinham ameaçado, em setembro do ano passado, suspender o transporte escolar para estudantes vinculados à rede estadual de ensino por atraso nos repasses do Programa Estadual de Transporte Escolar (Petern). A informação foi divulgada pela Federação dos Municípios do RN (Femurn), que enviou, à época, um ofício à Secretaria de Estado da Educação e Cultura (SEEC) nessa semana cobrando o pagamento do programa, que segundo a entidade, não repassou nenhuma parcela referente a 2023. A dívida já ultrapassava a casa dos R$ 17 milhões, segundo a Femurn. Caso o transporte escolar fosse suspenso, pelo menos 58 mil estudantes poderiam ser afetados. A falta de pagamento ameaçava principalmente a realização de atividades extra, como os JERN´s.

O programa
O Petern foi criado pelo Decreto Estadual nº.21.495/2009, com o objetivo de garantir a oferta de transporte aos estudantes da educação básica da rede pública de ensino. Trata-se de assistência financeira do Estado RN, por intermédio da SEEC, em caráter suplementar, a municípios potiguares. O valor repassado é calculado com base em 210 dias, sendo 200 dias letivos e 10 para atividades complementares.

Tem direito a ser transportado o aluno que reside a mais de 2 km da unidade de ensino onde estuda. Cada motorista passa por treinamentos específicos para atuarem no transporte escolar. Os cursos são organizados pela SEEC. Também é de responsabilidade da pasta realizar o monitoramento e fiscalização dos ônibus e os municípios traçam as rotas e cuidam da manutenção dos veículos.

Operação busca provas sobre morte do prefeito de São José de Campestre

Neném Borges tinha 43 anos e foi morto a tiros dentro de casa - Foto: Reprodução
Por redação Tribuna do Norte
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta quarta-feira (21) uma operação com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão para encontrar provas subtraídas e que podem contribuir para a investigação do assassinato de Joseilson Borges da Costa, conhecido como “Nenem Borges”, prefeito de São José de Campestre. Ele foi morto a tiros no dia 18 de abril do ano passado dentro da própria residência, em um crime com características de execução sumária.

De acordo com o MPRN, as medidas da ação são fundamentais na colheita de elementos que possam auxiliar nas provas de motivações envolvendo o homicídio do prefeito, especialmente em razão da subtração de provas ocorridas que configuram, em tese, crimes de coação no curso do processo, falso testemunho e fraude processual.

A operação cumpriu quatro mandados de busca e apreensão e contou com o apoio da Polícia Militar. Ao todo, cinco promotores de Justiça, nove servidores do MPRN e 24 policiais militares participaram da ação.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2024

Mulher morre atropelada próximo a posto de combustíveis entre Tangará e Serra Caiada

Um atropelamento na BR-226, próximo a um posto de combustíveis entre Tangará e Serra Caiada, vitimou fatalmente uma senhora moradora de Santa Cruz. O acidente foi na manhã deste domingo (18).

A vítima é Maria Lúcia da Silva 59 anos, técnica de enfermagem.

Segundo informações preliminares, ela estava atravessando a pista na altura do posto de combustíveis, quando um veículo não identificado, em alta velocidade atropelou a vítima.

O motorista se evadiu do local com destino ignorado.

O SAMU foi acionado e chegou a atender a vítima, que teve três paradas cardíacas no local do acidente. Após reanimação, a vítima chegou a ser socorrida para Natal. Mas teve outras paradas e não resistiu, morrendo a caminho do Walfredo Gurgel.

A senhora Maria Lúcia da Silva era aposentada e estava trabalhando como cuidadora em Santa Cruz.

Fonte: Blog do Édipo Natan 

Mãe, filho e outras duas pessoas morrem em acidente na BR-405

Carros bateram de frente no município de Governador Dix-Sept Rosado, no Oeste potiguar, no fim da tarde de domingo (18).
Por g1 RN
Quatro pessoas morreram após dois carros baterem de frente no quilômetro 33 da BR-405, em Governador Dix-Sept Rosado, região Oeste potiguar. Mãe e filho estão entre as vítimas.

O acidente aconteceu no fim da tarde de domingo (18), por volta das 17h, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

A colisão envolveu um veículo modelo Gol, onde estavam três pessoas, e um carro Voyage, onde estava a quarta vítima - o motorista, que estava sozinho no veículo. As vítimas foram identificadas como:

Maycon Douglas de Assis Santos, 28 anos (motorista do Gol)
Maria Leurimar Soares de Assis Santos, 51 anos (mãe de Maycon e passageira do Gol)
Lara Raquel Queiroz Oliveira, 23 anos (passageira do Gol)
William Leocadio da Silva, 55 anos (motorista do carro modelo Voyage)

Além da PRF, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e o Corpo de Bombeiros foram acionados ao local, mas constataram os óbitos das vítimas.

As causas do acidente ainda serão investigadas. Porém, segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que carro conduzido por William Leocádio tenha invadido a contramão e colidido de frente com o outro veículo. Ainda de acordo com a Polícia Civil chovia no momento do acidente e a pista estava molhada.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, ao qual a Inter TV Costa Branca teve acesso, o irmão de William informou aos policiais que o condutor "provavelmente" havia ingerido bebida alcoólica.

Fonte: G1 RN

sábado, 17 de fevereiro de 2024

Detentos de Mossoró invadiram casa, fizeram família refém, pediram para acessar redes e roubaram celulares

Propriedade invadida fica a cerca de 3 quilômetros da Penitenciária Federal de Mossoró. Os dois ficaram na casa cerca de 4 horas. Buscas entraram no quarto dia neste sábado (17).
Por Fernanda Zauli, Ayrton Freire, g1 RN e Inter TV Cabugi
Os fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró invadiram uma casa na zona rural na noite desta sexta (16), fizeram uma família refém e roubaram dois celulares. A casa fica a cerca de 3 quilômetros da Penitenciária Federal de Mossoró, na comunidade de Riacho Grande.

A fuga aconteceu na última quarta-feira e é a primeira registrada na história do sistema penitenciário federal, desde sua criação em 2006.

De acordo com o morador - um homem de 50 anos, os dois criminosos chegaram na casa por volta das 20h, simulando estarem armados. O cachorro começou a latir e o morador foi ver o que era, momento em que foi rendido pelos fugitivos.

Eles entraram na casa, jantaram, pediram para acessar redes sociais, e ficaram no local até meia-noite.

Na casa estavam o proprietário e a esposa dele, de 46 anos. Segundo o morador, logo na chegada eles se identificaram dizendo que eram os fugitivos da penitenciária. Eles foram embora levando dois celulares, ovos, água e laranja.

O morador acionou a polícia por volta das 3 horas. Ele contou que esperou um tempo para ir até a casa do irmão e de lá foram em busca de uma barreira policial para comunicar o fato.

Buscas
As buscas pelos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró - entraram no quarto dia neste sábado (17).

Mais de 300 agentes de segurança das forças estaduais e federais atuam nas buscas que se concentram em um perímetro de 15 quilômetros em torno do presídio.

Pistas
Na quarta-feira (14) - mesmo dia da fuga - uma casa foi invadida na zona rural de Mossoró, a cerca de 7 km da penitenciária. Objetos pessoais como camiseta e uma colcha de cama foram furtados.
A polícia foi acionada e fez buscas na área. Na quinta-feira objetos foram encontrados em uma área de mata. Um dos moradores da região confirmou aos investigadores que, entre os itens, estava uma colcha de cama furtada de sua casa.

A Polícia Federal recolheu material biológico desta casa. As amostras encontradas serão confrontadas com informações genéticas dos fugitivos.

Já na sexta-feira (16), com a ajuda de cães farejadores, uma camiseta de uniforme de presidiário foi encontrada na mata.

Fonte: G1 RN

Porta arrombada, geladeira aberta, falta de camisas: morador relata como encontrou casa invadida em comunidade próxima a presídio federal de Mossoró

Dois presos escaparam do presídio na última quarta-feira (14), na primeira fuga da história do sistema penitenciário federal.

Por Igor Jácome, Ayrton Freire, g1 RN e Inter TV Cabugi
Porta arrombada, geladeira aberta, falta de camisas e de um par de tênis. Foi esse o cenário encontrado pelo morador de uma casa arrombada há aproximadamente 7 km do presídio federal de Mossoró na noite de quarta-feira (14), horas após a fuga de dois presos da unidade de segurança máxima.

A polícia não confirma se o crime foi praticado pelos foragidos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, que escaparam do presídio na madrugada de quarta-feira (14), mas equipes foram ao local, na comunidade Rancho da Caça, para apurar as circunstâncias do arrombamento. Mais de 300 agentes trabalham nas buscas.

"Encontrei um restinho de comida, a geladeira aberta, a porta arrombada, faltando camisas. Tinha colocado uma melancia aqui e levaram, levaram um par de tênis. Só levaram roupa e comida", afirmou o morador, que pediu para não ser identificado.

Na madrugada desta sexta (16) roupas e pegadas foram encontradas por policiais na zona rural de Mossoró. O morador da casa confirmou que uma colcha encontrada na mata é dele. "A polícia esteve aqui, mostrou as fotos pra mim, e a colcha é minha, o resto não", disse.

O homem acredita que o arrombamento tenha acontecido entre as 18h e 20h30 da quarta-feira. Ele acionou a polícia por volta das 6h da quinta-feira (15) e disse que vários agentes chegaram ao local cerca de 15 minuto depois.

Buscas
As buscas pelos dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) entraram no terceiro dia nesta sexta-feira (16). Ao todo, mais de 300 agentes de segurança trabalham desde a quarta-feira (14) para recapturá-los.

Estão empenhados:

100 agentes da Polícia Federal;
100 agentes da Polícia Rodoviária Federal;
100 agentes das forças policiais locais (civil e militar);
3 helicópteros (1 da PRF, 1 da PF e 1 da Secretaria de Segurança Pública do RN);
Drones (com equipamentos termais) e cães farejadores.

Fonte: G1RN

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024

Brasil chega a 512 mil casos prováveis de dengue e 75 mortes pela doença

Por redação Tribuna do Norte
O Brasil já registrou 75 mortes causadas pelo vírus da dengue neste ano, e há mais 340 óbitos em investigação, segundo a atualização do Painel de Monitoramento de Arboviroses do Ministério da Saúde. Apenas entre janeiro e fevereiro, o País já registrou 512 mil infectados pela doença em todo o território nacional.

Como o Estadão mostrou, especialistas já temem ainda mais casos com as aglomerações de carnaval. A maior incidência de casos ocorreu, até o momento, em mulheres, que representam 54,9% dos casos, ante 45,1% em homens. Em números totais, o Estado de Minas tem atualmente o maior coeficiente de infectados prováveis com 171 mil, seguido de São Paulo, com 83 mil, e Paraná, com 55 mil.

Ainda segundo o painel do ministério, ao avaliar os casos a cada 100 mil habitantes, o Distrito Federal tem o maior coeficiente de incidência, com 2,2 mil casos por 100 mil, seguido de Minas, com 836 por cem mil, e o Acre, com 582.

No mesmo período, o País também teve 29 mil casos prováveis de chikungunya, dos quais 4 óbitos foram confirmados e 31 estão em fase de investigação. Houve ainda 341 casos positivos de zika, sem nenhuma morte associada, segundo o painel de monitoramento.

Como saber se está com a doença?

Sintomas como dor de cabeça, mal-estar, febre e fraqueza são sinais comuns presentes em várias enfermidades, incluindo a dengue e a gripe. Desta forma, em caso de suspeita de alguma dessas doenças, é importante aumentar a hidratação e evitar a automedicação. Somente um médico pode fazer o diagnóstico correto. “É possível ainda realizar testes para identificar a enfermidade exata e fazer o tratamento adequado. O diagnóstico correto só pode ser feito pelo médico. Busque assistência na unidade de saúde mais próxima”, alerta o Ministério da Saúde.

Normalmente a primeira manifestação da dengue é a febre alta, de início abrupto, que geralmente dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele. É importante ficar atento aos sinais que indicam um quadro grave da doença, que podem surgir após o declínio da febre, entre o terceiro e o sétimo dias do início da doença. A dengue não tem sintoma respiratório.

Já a gripe é uma infecção respiratória causada pelo vírus Influenza, mais comumente transmitido de pessoa a pessoa durante o período do inverno, embora possa estar presente em outras estações. Os sintomas geralmente aparecem de forma repentina, como febre, dor de garganta, tosse, dores no corpo e de cabeça. Geralmente, tem resolução espontânea em aproximadamente sete dias, embora a tosse, o mal-estar e a fadiga possam permanecer por algumas semanas.

Fuga de detentos em Mossoró é a primeira na história do sistema penitenciário federal

Por Redação Tribuna do Norte
Iniciado em 2006, o sistema penitenciário federal registrou a primeira fuga de um preso nesta quarta-feira (14). Os detentos Deibson Cabral Nascimento (vulgo Tatu) e Rogério da Silva Mendonça (Martelo) conseguiram escapar da prisão de segurança máxima em Mossoró. O Brasil conta com outras quatro penitenciárias de administração federal, que nunca registraram fuga.

A Penitenciária Federal em Mossoró foi a quarta a ser inaugurada no País, em 3 de julho de 2009. Com 13 mil metros quadrados, o local abriga mais de 200 detentos. A prisão é a única do Nordeste a integrar as cinco unidades do sistema federal.

Todas elas são classificadas como presídios de segurança máxima, em que uma conta com sistema de vigilância avançado com captação de som ambiente e monitoramento de vídeo – material de vigilância que a Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, afirma ser replicado, em tempo real, para a sua sede, em Brasília.

Outras unidades federais

A primeira penitenciária federal do Brasil foi a de Catanduvas/PR, inaugurada em 23 de junho de 2006. Naquele mesmo ano, em 21 de dezembro, a unidade de Campo Grande/MS também passou a funcionar.

Em 2009, o Governo Federal inaugurou a penitenciária de Porto Velho/RO, em 19 de junho. Mossoró era a última do sistema até a inauguração da prisão de segurança máxima de Brasília, em 16 de outubro de 2018.

Os criminosos que fugiram

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Acre havia solicitado no ano passado a transferência de Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, que estavam entre participantes de uma rebelião ocorrida em julho de 2023 no presídio Antônio Amaro Alves. Durante o a rebelião, cinco presos foram mortos e esquartejados.

Deibson, conhecido como “Tatu”, estava preso desde agosto de 2015, já tendo passado também pelo presídio federal de Catanduva. Ele tem condenações e responde por assaltos, furtos, roubos homicídio e latrocínio. Rogério, que também tem vasta ficha criminal, também cumpria pena no Acre, quando foi determinada sua transferência para o Rio Grande do Norte. Ambos são apontados como líderes de organização criminosa.

Os dois estavam na penitenciária de Mossoró desde setembro do ano passado e estavam em isolamento. Informações preliminares e extraoficiais dão conta de os criminosos teriam ligação à facção criminosa Comando Vermelho.

A ausência dos apenados foi observada durante o banho de sol. Não se sabe ao certo como eles conseguiram sair do local, mas foi reportada uma “falha estrutural”, que pode ser um buraco na estrutura de uma das celas. A partir daí, eles teriam conseguido acesso a uma outra, mas ainda dentro do presídio. Não está claro como eles conseguiram acesso ao exterior da unidade e como não foram vistos ao sair do local.

Jovem de 21 anos é morto e sobrinha de 4 anos fica ferida após criminosos atirarem contra família no RN

Outros dois homens, irmãos da vítima fatal, foram atingidos pelos disparos, mas estão fora de perigo, segundo a PM. Crime aconteceu em Caraúbas.
Por g1 RN
Um jovem de 21 anos de idade foi morto, e os irmãos e a sobrinha dele, de 4 anos, ficaram feridos após um ataque a tiros na tarde desta segunda-feira (12) no município de Caraúbas, na Região Oeste do Rio Grande do Norte. A vítima fatal foi Alan Carlos de Oliveira Leite.

Todos os feridos foram levados inicialmente para o Hospital Regional Aguinal Pereira da Silva, em Caraúbas. A criança, diante da gravidade dos ferimentos, foi encaminhada para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, e depois foi transferida novamente para uma UTI pediátrica de um hospital particular. O estado de saúde dela não foi informado.

Os outros dois baleados (os irmãos de Alan, de 27 e 34 anos) estão fora de perigo, segundo a PM.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que a família estava reunida em uma propriedade na comunidade Pátio da Baixa, na zona rural de Caraúbas, quando um carro parou na frente da porteira, dois homens armados desceram do veículo e atiraram várias vezes. O trecho fica às margens da RN-117.

A Polícia Militar informou que, inicialmente, não identificou o motivo que teria causado o ataque a tiros contra a família. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas.

Fonte: G1 RN

terça-feira, 13 de fevereiro de 2024

Família Felipe se diverte no carnaval em Tangará nesta terça-feira (13)


Nesta terça-feira (13), uma cena me chamou atenção neste carnaval em Tangará, uma família brincando e se divertindo em frente a sua casa, mantendo assim a tradição carnavalesca, da brincadeira do mela-mela, tradição esta trazida da Europa para o Brasil.

Aproveitei pedi permissão para filmar e assim registrar essa cena linda, onde mães e filhas brincam, alegres e sorridente na brincadeira do mela-mela, aproveitando a terça-feira de carnaval em família. 


sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

Santa Cruz inicia hoje (09) um carnaval atrativo com cinco dias de folia

Santa Cruz inicia hoje (09) um dos maiores carnavais de sua história.
Recheado de novidades, a Prefeitura de Santa Cruz investiu para ampliar e modernizar o carnaval, garantindo que mais pessoas fiquem na cidade e possam curtir uma grande festa.

Além disso, os foliões da região do Trairi terão opção de participar do Carnaval na Terra da Santa, como está sendo chamada a festividade carnavalesca de Santa Cruz.

Uma das grandes novidades é o trio elétrico pranchão que vai arrastar os foliões no Centro da cidade, sempre com uma atração, garantindo muita folia.

A abertura hoje (09) será com a Orquestra Freviação, que puxará o pranchão da Praça da Bíblia até a Praça Coronel Ezequiel, onde os blocos carnavalescos irão se apresentar, além do prefeito Ivanildinho entregar as chaves da cidade pra o Rei Momo e coroar a Rainha do Carnaval.

De sábado (10) até terça-feira (13), a programação será com o pranchão percorrendo o Circuito da Folia pelo Centro, saindo da Praça da Bíblia, até a Vila de Todos, que terá duas atrações por noite: uma no palco alternativo, recepcionando os foliões, e uma no palco principal, encerrando a noite.

Outra novidade é o CarnaKids, que acontecerá no Domingo de Carnaval, às 16h, com o pranchão arrastando o folião mirim da Praça da Bíblia até a Praça Coronel Ezequiel.

Todas essa programação garante que o Carnaval de Santa Cruz 2024 será um dos maiores da história, com muita animação para os foliões, com festas gratuitas todas as noites.

Amazon Prime terá aumento de até 39% nas assinaturas; confira os novos valores

A Amazon revelou ontem (08) que o serviço Amazon Prime terá aumento de até 39% a partir de março de 2024. Para novos assinantes, o aumento valerá a partir de 8 de março, enquanto para quem já paga pelo serviço só será cobrado pelos novos preços em 8 de abril.

A assinatura mensal do Amazon Prime, que custa atualmente R$ 14,90, irá aumentar para R$ 19,90 (aumento de 33%). Já o plano anual, que custa R$ 119, passará para R$ 168,80 (aumento de 39%). Quem quiser pagar o valor atual mais baixo poderá se inscrever ou migrar para o plano anual até 7 de março, pagando o preço atual de R$119/ano, válido pelos próximos 12 meses.

Este será o segundo reajuste desde que o pacote de benefícios foi lançado no Brasil, em setembro de 2019. O Amazon Prime chegou no país custando R$ 9,90/mês e R$ 89/anual, tendo os valores alterados para os atuais.

Em entrevista ao TechTudo, a Mariana Roth, líder da divisão de Amazon Prime, justificou o aumento dizendo que a gigante do comércio eletrônico quer deixar o serviço "mais valioso" e que a empresa quer "continuar investindo no programa".

“Desde o último aumento, expandimos as áreas de entregas grátis. As que levavam dois dias, e antes estavam disponíveis em 800 cidades, agora estão em 1300 locais. Já as de um dia, que estavam presentes em 150 cidades, subiram para 200”, afirmou.

“Além disso, expandimos os Amazon Originals, subimos o número de músicas no Prime Music de dois para 100 milhões. No ano passado, também lançamos a Mega Oferta do Amazon Prime, e já tínhamos o Prime Day, e agora temos ofertas exclusivas semanalmente, o que ajuda o brasileiro a economizar milhões”, acrescentou a executiva.

Benefícios do Amazon Prime continuam os mesmos

Apesar da alta nos preços de até 39%, o Amazon Prime não terá novos benefícios para os brasileiros a partir de março. Além do frete grátis para produtos selecionados e descontos exclusivos, o serviço oferece o seguinte:

Amazon Prime Video (streaming de séries, filmes, documentários e mais);
Amazon Music Prime (streaming de músicas e podcasts);
Prime Reading (ebooks e revistas em formato digital);
Prime Gaming (jogos gratuitos e itens in-game para diversos títulos).

Fonte: Tecmundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/mercado/279765-amazon-prime-tera-aumento-assinaturas-confira-novos-valores.htm

COMUNICADO IMPORTANTE: LEVANTAMENTO SOBRE O NOVO MARCO DO SANEAMENTO BÁSICO

Foto: FEMURN
Prezados Gestores Municipais,

A Federação dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (Femurn) informa que o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN) iniciou os procedimentos de fiscalização referentes ao novo marco do saneamento básico, conforme estabelecido pela Lei nº 14.026, de 15 de julho de 2020.

Este levantamento tem como objetivo avaliar a implementação e o cumprimento das diretrizes estabelecidas pela nova legislação, que busca universalizar e qualificar a prestação dos serviços no setor de saneamento básico no país.

Ação Necessária:
Todos os municípios devem preencher um questionário eletrônico obrigatório, disponibilizado pelo TCE/RN. O prazo final para a conclusão e envio deste questionário é até o dia 09 de fevereiro de 2024. O acesso ao formulário eletrônico pode ser realizado por meio do seguinte link: Acesso ao Questionário Eletrônico.

Para auxiliar no preenchimento, disponibilizamos um modelo do questionário em nosso portal, no formato .pdf, acessível através do link providenciado no final deste comunicado.

Consequências por Não Cumprimento:
É importante ressaltar que a não observância do prazo estabelecido para o preenchimento do questionário acarretará sanções específicas, incluindo a suspensão do fornecimento de Certidão de Adimplência junto ao TCE/RN, conforme o art. 21, II, "b", da Resolução nº 023/2020-TCE, de 03 de dezembro de 2020, além da aplicação de multa ao gestor responsável, de acordo com o art. 107, II, "d", da Lei Orgânica do TCE/RN (Lei Complementar Estadual nº 464/2012).

A Femurn reforça a importância da participação de todos os municípios neste levantamento, destacando a relevância da nova legislação para o avanço do saneamento básico em nosso Estado. Estamos à disposição para esclarecer dúvidas e oferecer suporte no que for necessário para o cumprimento desta importante tarefa.



Atenciosamente,

Luciano Santos
Presidente da Femurn

'Tenho certeza da minha cura', diz potiguar que luta contra tumor grave no rosto

Internada há 3 meses em um hospital de Natal, Jéssica Carvalho, de 32 anos, tem hemangioma, um tumor vascular causado pelo crescimento excessivo dos vasos sanguíneos.
"Tenho certeza da minha cura". A frase é da potiguar Jéssica Carvalho, de 32 anos de idade, que está internada há três meses em um hospital em Natal lutando contra um tumor vascular no rosto, que recentemente passou a crescer de forma mais veloz e a sangrar mais frequentemente.

A história dela se tornou conhecida nas redes sociais e comoveu a internet nas últimas semanas. Diante da repercussão, foi criada uma campanha para arrecadar valores para o tratamento. (Clique AQUI para ver).

E esse apoio oriundo de anônimos nas redes sociais tem ajudado na esperança da recuperação, garante Jéssica, que não consegue falar diante do quadro clínico atual, mas respondeu ao g1 através de mensagens escritas no celular, que foram mediadas pelo amigo e coordenador da campanha, Fausto Calixto.

"Nos últimos dias meu coração vem recebendo muitas graças diante de tantas orações que venho recebendo. Ver uma legião de pessoas apoiando e orando por você transforma qualquer dor em alegria", disse Jéssica.

Jéssica tem uma doença chamada hemangioma, um tumor vascular benigno causado por um crescimento anormal dos vasos sanguíneos (veja vídeo abaixo). A potiguar convive com a patologia desde que nasceu, mas tem passado pelo momento mais delicado neste início de 2024.

Há cerca de um ano, Jéssica fez um procedimento cirúrgico para tratar dessa formação, quando chegou a retirar parte da mandíbula. O resultado, no entanto, não saiu como esperado e gerou uma série de infecções.

"No início foi um grande desafio. Achei que não ia suportar o processo dos dias tão dolorosos. Tinha dias que minha fé esvaziava e o desespero tomava conta de mim, mas todo momento não queria desistir e desejava viver", contou Jéssica.

"Hoje minha fé foi renovada, minha esperança nos propósitos de Deus também. Hoje luto com mais otimismo e perseverança na promessa de Cristo", completou.

Recentemente, Jessica achou uma outra paciente no Brasil que tem a mesma doença que ela, e esse encontro deu início a um novo tratamento. A potiguar foi apresentada a um médico, que viajou de São Paulo para o Rio Grande do Norte nesta semana para examiná-la e iniciar um novo tratamento.

Jéssica passou a usar um novo medicamento para tentar reduzir o tumor e os sangramentos. A intenção é que, após isso, ela consiga viajar para São Paulo para realizar novas cirurgias.

Assim como Jéssica renovou as esperanças ao encontrar uma amiga que trava a mesma luta que ela, a potiguar também quer servir de exemplo para outras pessoas que por ventura possam enfrentar o hemangioma.

"Tenho um desejo: quero que outras pessoas que tenham um caso como o meu saibam que elas têm um possibilidade de cura, um tratamento eficaz", disse.

Fonte: G1 RN

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2024

Helicóptero da Segurança Pública do RN ajuda a apagar incêndio no Morro do Careca

Foto reprodução
O helicóptero Potiguar 01, uma das aeronaves da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, foi utilizado para ajudar a apagar o incêndio que atingiu parte da vegetação do Morro do Careca, na praia de Ponta Negra, na noite da terça-feira (06).

O trabalho foi feito no final da madrugada desta quarta (07), de forma a debelar as chamas, uma vez que ainda existiam focos de incêndio quando o helicóptero chegou à duna.
Segundo o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), foram realizados 32 lançamentos de helibalde, um equipamento utilizado pela aeronave para transportar água. Ao todo, somente pelo helicóptero, foram lançados sobre o fogo mais de 10 mil litros de água.

Além do Potiguar 01 e do Corpo de Bombeiros Militar, equipes do Batalhão de Polícia Ambiental da PM também auxiliaram no combate às chamas.

Ainda não há informações sobre a causa do incêndio.

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL GOVERNO DO ESTADO O RIO GRANDE DO NORTE

Polícia Federal e Itep fazem perícia no Morro do Careca após incêndio na área

Fogo começou por volta das 21h de terça (6) no principal cartão postal de Natal e foi controlado após 10 horas. Somente após as perícias será possível afirmar o que causou o incêndio e se foi criminoso ou não.
Por g1 RN e Inter TV Cabugi
O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) começou a perícia na área do Morro do Careca atingida por um incêndio. A Polícia Federal informou que, por se tratar de uma área de Marinha, também vai periciar a área.

O incêndio começou por volta das 21h de terça (6) e foi controlado após 10 horas. Somente após as perícias será possível afirmar o que causou o incêndio e se foi criminoso ou não.

Na manhã desta quarta (7) o helicóptero Potiguar I, da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed), foi utilizado para buscar água no mar e jogar sobre os focos de incêndio. Segundo o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), foram realizados 32 lançamentos de helibalde, um equipamento utilizado pela aeronave para transportar água. Ao todo, somente pelo helicóptero, foram lançados sobre o fogo mais de 10 mil litros de água.

Durante a noite e madrugada a Polícia Ambiental também atuou para tentar conter as chamas com o uso de uma bomba costal que carrega cerca de 20 litros de água. Além disso, foram utilizados abafadores, uma espécie de lona para tentar apagar o fogo.

Fonte: G1 RN

Preço da cesta básica tem pequena alta em janeiro em Natal; veja alimentos que ficaram mais caros

Dados foram divulgados pelo Dieese nesta terça-feira (6).
Tomate teve alta de 24,40% no preço — Foto: Josephine Baran / Unsplash
Por g1 RN
Em janeiro de 2024, o preço da cesta básica da cidade de Natal apresentou alta de 3,53% em relação a dezembro de 2023. A cesta da capital potiguar foi a quarta mais barata entre as cidades pesquisadas pelo Dieese, com valor de R$ 575,71. Em comparação com janeiro de 2023, o preço da cesta básica diminuiu 7,47%.

Entre dezembro de 2023 e janeiro de 2024, sete produtos que compõem a cesta básica tiveram alta nos preços médios: tomate (24,40%), arroz agulhinha (11,66%), feijão carioca (10,28%), banana (7,28%), óleo de soja (5,85%), café em pó (2,60%) e manteiga (0,93%).

Outros cinco produtos apresentaram redução: farinha de mandioca (-2,89%), carne bovina de primeira (-1,26%), pão francês (-0,70%), leite integral UHT (-0,34%) e açúcar refinado (-0,22%).

Em janeiro de 2024, o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 6.723,41, ou 4,76 vezes o mínimo reajustado para R$ 1.412,00.

Fonte: G1 RN

Casos de dengue aumentam 43,9% no RN e 47% em Natal

Foto: Magnus Nascimento

A previsão do aumento de casos de dengue para este ano, feita pelas autoridades da saúde, está se cumprindo. No Rio Grande do Norte, até a quinta semana epidemiológica de 2024, encerrada em 5 de fevereiro, o número de casos prováveis passou de 526 para 757, o que representa um acréscimo de 43,91% em relação ao mesmo período de 2023.

Neste mesmo período do ano passado já tinham sido verificadas 73 confirmações, enquanto que atualmente são 78. Os municípios de Jandaíra, Baía Formosa e Ceará-Mirim, apresentam as maiores incidências. Em Natal, o aumento foi de 47%.

O estado terminou 2023 com 26 municípios em situação de risco e 91 em alerta. Foram identificados os tipos DENV 1 e DENV2 da doença circulando no RN. Os dados estão no novo Boletim Epidemiológico das Arboviroses, divulgado nesta terça-feira (6) pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap/RN). O documento aponta 795 notificações com 78 casos confirmados, sendo 2 por dengue grave e 5 com sinais de alarme.

Em 2023, no mesmo recorte, foi registrado 1 caso grave e 4 com sinais de alarme. Desses 795 notificados, 38 foram descartados, restando, 757 prováveis, incluindo as confirmações.

Fonte: Tribuna do Norte

MPRN recomenda convocação imediata de candidatos aprovados em concurso da Fundase


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao Estado que convoque imediatamente os candidatos aprovados no último concurso público da Fundação de Atendimento Socioeducativo do RN (Fundase). A recomendação é para que o número de convocados seja suficiente para preencher as vagas atualmente disponíveis.

A recomendação foi emitida após a denúncia de uma possível violação de direitos praticada pelo Estado, devido à não convocação suficiente dos aprovados no concurso de agente socioeducativo para a Fundase.

O MPRN tomou conhecimento que após o encerramento dos prazos para apresentação e consequente nomeação, alguns candidatos aprovados não compareceram e não foram realizadas novas convocações para o preenchimento das vagas.

O edital de abertura do concurso estipula que o candidato que não se apresentar no prazo fixado para a nomeação será considerado desistente e substituído, na sequência, pelo imediatamente classificado. Além disso, existe um processo para a nomeação pretendida, que já se encontra com todas as etapas concluídas e está desde o dia 23 de janeiro de 2024 no Gabinete Civil.

O Estado do Rio Grande do Norte tem um prazo de 10 dias úteis para informar ao MPRN as providências tomadas para atender a presente recomendação, encaminhando a devida documentação comprobatória. Caso contrário, deve apresentar as razões que impedem o cumprimento do que foi recomendado, sob pena de serem adotadas medidas judiciais cabíveis.

Fonte: Justiça Potiguar