Blog do Robson

Compartilhamento:

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARÁ DIVULGA O RESULTADO FINAL DOS EXAMES DE TÍTULOS DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N° 001/2020



RESULTADO FINAL DOS EXAMES DE TÍTULOS DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2020

CARGO DE NÍVEL MÉDIO
TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Colocação
Nome
Classificação
Nota
Francisco Canindé Viana da Silva
Aprovado
8 ,0 desempate critério idade
Raimunda Maria da C. de Oliveira
Aprovada
8,0 desempate critério idade
João Paulo Fernandes de Lima
Aprovado
8,0 desempate critério idade
Francivaldo Victor da Silva
Aprovado
8,0 desempate critério idade
Josefa de Cássia de O. Dantas
Aprovada
7,0 desempate critério idade
Kleiton Ítalo Valentim
Aprovado
7,0 desempate critério idade
Ana Paula Feliciano Alves
Aprovada
5,0
Geovane Estevam Fernandes
Aprovado
4,0 desempate critério idade
Letícia Milena de Lima Silva
Aprovado
4,0 desempate critério idade
10°
Jucilene da Silva Viana
Aprovada
3,0 desempate critério idade
11°
Rafaela Pinheiro Dantas
Aprovada
3,0 desempate critério idade
12°
Vanessa Lopes Paulino
Aprovada
3,0 desempate critério idade
13°
Maria da Conceição A. Barbosa
Aprovada
3,0 desempate critério idade
14°
Eliani Carlos da Silva
Aprovada
3,0 desempate critério idade
15°
Maria Cristina da Silva
Aprovada
2,0 desempate critério idade
16°
Geovânia Albuquerque Feliciano
Aprovada
2,0 desempate critério idade
17°
Terezinha Zuca de Farias
Aprovada
2,0 desempate critério idade
18°
Mônica Simone Paulino da Cruz
Aprovada
2,0 desempate critério idade
19°
Katiane Bezerra da Silva
Aprovada
2,0 desempate critério idade
20°
Francinery Lourenço do N. Oliveira
Aprovada
2,0 desempate
21°
Mirellys Kaionara da Silva
Aprovada
2,0 desempate critério idade
22°
Leonardo Faustino dos S. Silva
Aprovado
2,0 desempate critério idade
23°
Jamylli Helen Maciel
Aprovada
2,0 desempate critério idade
24°
Kely Vanesca da S. Gomes
Aprovada
1,0 desempate critério idade
25°
Juliana Borges da Silva
Aprovada
1,0 desempate critério idade
26°
Geanne Fidelis do Nascimento
Aprovada
1,0 desempate critério idade
27°
Maria Alice P. Nogueira
Aprovada
1,0 desempate critério idade
28°
Jaiza Pontes A. dos Santos
Aprovada
1,0 desempate critério idade
29°
Aleff Enrique M. da Silva
Aprovado
1,0 desempate critério idade
30°
Maria Eduarda da C. Mendonça
Aprovada
1,0 desempate critério idade
31°
Nayara Pereira Santos
Aprovada
1,0 desempate critério idade


CARGO DE NÍVEL SUPERIOR
TERAPEUTA OCUPACIONAL

Colocação
Nome
Classificação
Nota
Ellen Andriotti Borges
Aprovada
8,0





Adriano César da Silva Pinto
Presidente da Comissão

Alessandro Benigno de Medeiros
Membro da Comissão

Maria do Monte Fernandes Silva
Membro da Comissão

Mayra Allana Pereira da Silva
Membro da Comissão


domingo, 19 de janeiro de 2020

SANEAMENTO BÁSICO: MORADORES AGRADECEM AO PREFEITO JORGINHO PELA CONSTRUÇÃO DE UMA NOVA REDE DE ESGOTO

A Prefeitura Municipal de Tangará está intensificando os serviços de saneamento básico, considerado essencial para todos, sendo importante para a saúde de toda a sociedade e para o meio ambiente. Neste sentido, a equipe de Ivan Pinheiro, responsável pela manutenção dos serviços de saneamento básico vem trabalhando para solucionar os problemas existentes na rede de esgoto.

Os moradores da rua Joaquim Alves e da rua João Carlos, vinham enfrentando sérios problemas pela falta de saneamento básico em suas residências, e para solucionar o problema, o Prefeito Jorginho designou a equipe responsável por esse setor, comandada pelo coordenador Ivan Pinheiro para providenciar a construção de uma rede de esgoto e assim solucionar os problemas.
A nova rede de esgoto foi construída e o Prefeito Jorginho acompanhado do Chefe de Gabinete Civil, Murilo Cabral e do coordenador Ivan Pinheiro visitou os moradores que satisfeitos com o serviço agradeceram por esse benefício. Confira os vídeos e as fotos desta visita.



Bastante agradecida a querida moradora Dona Zefinha, esposa do saudoso Juarez também aproveitou a oportunidade para agradecer o empenho de todos na construção dessa rede de esgoto.


Outra moradora que também fez questão de agradecer ao Prefeito e sua equipe foi a Senhora Maria, esposa de Rosildo, ela relatou as dificuldades que vinha enfrentando sem o saneamento básico em sua residência, e que hoje graças a equipe da Prefeitura Municipal de Tangará o problema foi solucionado.

A casa da mãe do nosso amigo Nego, irmão de Chicuta também foi uma das que recebeu a rede de esgoto recém construída. 

Não consegue enviar fotos e áudios no WhatsApp? App está instável no Brasil

Mais de 3.300 usuários do aplicativo de mensagens já relataram ao site Down Detector dificuldades para envio de áudios, imagens ou documentos.
Sem áudios, imagens ou documentos. Usuários do WhatsApp acordaram, neste domingo (19), relatando inúmeras instabilidades no aplicativo de mensagens.

Através do site Down Detector – usado por internautas para declarar a existência de falhas em redes sociais e aplicativos em tempo real –, milhares de pessoas, no Brasil, já anunciaram que, desde 7h30, não conseguem encaminhar imagens, arquivos de áudio ou documentos pelo WhatsApp.

No mapa de falhas traçado pelo serviço, também é possível acompanhar relatos de problemas no aplicativo em outros pontos do mundo, como em algumas partes da Europa, no México e até em Dubai e Singapura. 

Uma hora e trinta após a primeira reclamação, mais de 3.300 usuários já haviam relatado ao site questões de instabilidade no aplicativo. Apenas mensagens de texto estão sendo enviadas e recebidas. Até o momento, não há informações a respeito do que pode estar causando o problema ou quando ele será resolvido.

Fonte: O Tempo

Fiscalização identifica presos descumprindo normas do uso de tornozeleiras eletrônicas na Grande Natal

Operação foi realizada pelos policiais penais entre a noite desta sexta-feira (17) e a madrugada deste sábado (18).
Operação Tolerância Zero identificou apenados descumprindo normas de uso da tornozeleira eletrônica na Grande Natal — Foto: Assessoria de Imprensa/Seap
Por G1 RN:
Uma operação realizada pelos policiais penais entre a noite desta sexta-feira (17) e a madrugada deste sábado (18) nas cidades da Grande Natal identificou quatro detentos com tornozeleiras que estavam descumprindo as regras do benefício.

Dois homens foram detidos por violar a área de inclusão, sendo que um deles estava em um bar, quando deveria estar em casa. Outro foi preso por romper a tornozeleira. Também foi detida uma mulher que estava fora da área onde deveria pernoitar. Quando usam as tornozeleiras, os apenados precisam permanecer na residência em que moram durante a noite.

Durante a ação, cada equipe de policiais tinha um operador com equipamento para localizar o usuário com tornozeleira em tempo real. Os policiais penais foram até as residências dos apenados e nos locais onde eles estão autorizados a transitar para verificar, in loco, o cumprimento da pena.

A ação foi chamada de Operação Tolerância Zero e teve o objetivo de fiscalizar o uso de tornozeleiras eletrônicas pelos presidiários do regime semiaberto. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), a operação teve participação de 91 policiais penais, que realizaram 55 abordagens.

Os detidos foram conduzidos para a Penitenciária João Chaves para cumprimento de sanções. “Ações dessa natureza contribuem com a diminuição dos índices de criminalidade e terão continuidade”, declarou a Secretaria em nota enviada à imprensa.

O juiz da Vara de Execuções Penais, Henrique Baltazar, acompanhou a ação. Em casos mais graves, afirma o magistrado, o preso que violar o sistema de monitoramento eletrônico pode regredir do regime de cumprimento da pena. Um dos detentos flagrados pela operação fora da área de inclusão, por exemplo, teve a tornozeleira recolhida e ficará encarcerado na Penitenciária João Chaves.

Segundo a Seap, o Rio Grande do Norte tem, atualmente, 1.460 tornozeleiras ativas e está em processo de aquisição de outras 3 mil.

Fonte: G1 RN

Piso dos professores 12,84% maior causará impacto de R$ 8,7 bilhões nos Municípios em 2020

O reajuste de 12,84% do piso salarial nacional do magistério para 2020, conforme previsão e preocupação antecipadas pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), foi confirmado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. O valor, que passa de R$ 2.557,74 de 2019 para R$ 2.886,24 em 2020, foi anunciado durante transmissão ao vivo, pela internet, na noite desta quinta-feira, 16 de janeiro.

Para a CNM, a necessidade de valorização dos profissionais da educação – fundamentais para o desenvolvimento do país – é uma realidade. Mas, não se pode ignorar o impacto de R$ 8,7 bilhões e o efeito cascata na gestão da educação e nas finanças municipais. Um constante crescimento acima da inflação ou de qualquer outra correção, ao longo dos últimos anos, tem sido mostrado pela entidade. De 2009 a 2020, a categoria recebeu aumento de 203,61%; no mesmo período, o salário mínimo cresceu 121,7% e a inflação, pelo INPC, 61,4%.

A forma de aumento foi estipulada pela Lei 11.738/2008, que definiu o piso salarial dos professores do magistério e seu reajuste anual, a partir de 2009, pelo crescimento do valor aluno-ano dos anos iniciais do ensino fundamental urbano de dois exercícios anteriores. Foi com base na última estimativa da receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 2019 que CNM previu o aumento e alertou o governo do impacto no decorrer deste ano.

Os cálculos da entidade consideram o aumento linear do gasto com pessoal do magistério ativo informado no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope). São cerca de 1,17 milhão de profissionais em funções docentes, pelos dados da CNM. Por isso, todos os anos, o reajuste do piso reflete de forma imediata e expressiva nas administrações municipais, que já comprometem uma média de 78% dos recursos do Fundeb com a demanda. No entanto, quase 500 Municípios gastam entre 90% e 100% do Fundeb com a remuneração dos profissionais do magistério, sendo que a obrigação é gastar 60%, no mínimo.

Atuação do movimento:
Por meio de nota e de ofícios, a CNM tem apresentados esses números a parlamentares e representantes do Executivo desde que identificou o expressivo aumento. Além disso, a entidade conversa com os governadores e tem solicitado uma verificação nos números, para confirmar se não houve equívoco ao estimar as receitas, que têm peso no cálculo do reajuste.

“A situação é delicada. E os prefeitos estão bastante apreensivos porque as receitas não acompanham essa despesa”, ressalta o presidente da CNM, Glademir Aroldi. Ele explica ainda que, além do acúmulo de responsabilidades ao longo dos anos, o atual critério de aumento dos professores compromete uma série de esforços, por parte dos gestores, para equilibrar as contas e atender às demais legislações vigentes. Isso sem falar que é ano de fechamento de mandato.

Mudança:
De acordo com a Confederação, a melhor forma de resolver a questão é adotar o critério de reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que fechou 2019 em 4,48%. Um novo critério de aumento já tramita no Congresso Nacional por meio do Projeto de Lei (PL) 3.776/2008, do Poder Executivo. Por conta da dificuldade de mudar a lei, a entidade acredita no comprometimento dos parlamentares e do governo federal, inclusive, para garantir a autonomia local e o reajuste negociado entre os Entes e seus professores. O PL será debatido em diversas reuniões da entidade, pelos próximos dias.

Confira a Nota sobre o impacto do reajuste de 12,84% do Piso Nacional do Magistério para 2020 atualizada

Leia também: CNM esclarece aplicação do reajuste do piso dos professores de 2020
CNM mostra preocupação com estimativa de reajuste de 12,84% no piso dos professores
No FNDE, CNM apresenta impacto de R$ 8,7 bi aos Municípios com o reajuste do magistério
CNM e governadores apoiam revisão no cálculo de reajuste do piso dos professores

Por Raquel Montalvão
Foto: Arte CNM
Da Agência CNM de Notícias
Fonte: https://www.cnm.org.br/

sábado, 18 de janeiro de 2020

PREFEITO JORGINHO CONCEDE ENTREVISTA NESTE DOMINGO (19) NA RÁDIO WEB TANGARÁ


TORNEIO INÍCIO TEM COMO GRANDE CAMPEÃ A EQUIPE DO MERCADINHO SÃO BENTO

A Prefeitura Municipal de Tangará, através da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer, realizou neste sábado 18 de janeiro de 2020, o Torneio Início que antecede a 37ª edição da Copa Verão 2020. 

Este torneio contou com a participação de 10 equipes, e teve como grande campeã a Equipe do Mercadinho São Bento, a vice-campeã desta competição foi a equipe do Fidelão e terceira colocação ficou com a equipe Pelada dos Amigos.
É importante salientar que esta competição está sendo resgatada após 10 anos, sem fazer parte do calendário esportivo municipal, a ideia é manter o torneio como forma de preparar os atletas para grande competição que é a COPA VERÃO DE FUTSAL 2020.

O Prefeito Jorginho Bezerra esteve na manhã deste sábado 18 de janeiro prestigiando a abertura do torneio, acompanhado dos secretários e vereadores. Confira as fotos